Anjo de quatro patas: Cadelinha Golden Retriever salva bebê coala que se perdeu da mãe

“Nem todo herói usa capa; alguns deles usam apenas uma coleira de identificação...” Provando definitivamente que temos muito a aprender com os animais, a cadelinha Aisha teve a nobreza de acolher um bebê coala perdido da mãe e uma das noites mais frias do ano. As fotos dessa dupla são de derreter o coração!

REDAÇÃO CONTI outra

Quem já teve um Golden Retriever em casa, sabe que eles são cães extremamente dóceis, muito calmos e bastante inteligentes. Verdadeiros anjinhos de quatro patas. E recentemente uma cadelinha dessa raça conseguiu surpreender seus donos unindo todos esses talentos para realizar uma boa ação. Ela chegou em casa acompanhada de um pequeno filhote de coala, que havia se perdido da mãe num parque botânico da Austrália.

A nossa heroína, que é conhecida como Aisha, adormeceu ao lado do bebê coala durante uma noite fria, aconchegando-o entre os seus espessos e confortáveis pelos cor-de-ouro.

Kerry McKinnon, a dona de Aisha, conta que o bebê coala provavelmente se perdeu da sua mãe e acabou indo parar na varanda de sua casa, perto das casinhas dos cachorros, onde deu de cara com os pelos super-confortáveis e quentes de Asha, numa noite de temperaturas que chegavam a 5ºC.

“Era bem cedo de manhã quando o meu marido gritou para eu dar uma olhada em algo“, disse Kerry, ao News.com.au. “Eu não sabia do que ele estava a falar no começo, mas então eu vi um pequeno coala bebê aconchegado em cima de Asha.”

“Eu acabei rindo. A pobre Asha não sabia o que pensar, ela apenas ficava olhando para mim com um olhar tão confuso. Ela parecia um pouco culpada quando eu saí para ver o que estava a acontecer. A sua expressão era hilária.“, continuou a dizer. “Ela continuava a olhar para o coala, mas não estava a tentar tirá-lo de cima ou algo assim. Ela estava feliz em deixá-lo aconchegar-se nela.”

Foi graças à acolhida de Aisha que o pequeno coala não padeceu de frio naquela noite congelante ou mesmo não foi ameaçada por nenhum predador próximo, como uma raposa.

Aisha e o bebê coala se conhecem há pouco tempo, mas já desenvolveram uma forte ligação. Há relatos, inclusive, de que tem sido difícil tirar o coala das costas da cachorra.

“Acho que os cães têm esse instinto protetor. O coala não queria deixar as costas de Asha.

Quando tirámos o coala para envolvê-lo num cobertor, ele assobiou para mim.“, contou Kerry. “Eu acho que ele teria ficado feliz em ter dormido lá o dia todo. Foi realmente uma coisa incrível de ver e tão exclusivamente australiano. ”

De acordo com Kerry, o filhote se encontra perfeitamente saudável e bem alimentando, já tendo sido inclusive examinador por um médico veterinário. Em seguida, foi entregue a um cuidador local para ser inserido de volta à vida selvagem.

***

Redação CONTI outra. Com informações de Portal do Animal

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




REDAÇÃO CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.