O julgamento da ação movida por Johnny Depp contra sua ex-mulher, Amber Heard, tem se tornado um espetáculo midiático como há muito tempo não se via. As revelações feitas no tribunal alimentam manchetes de sites, jornais e revistas e pautam acalorados debates nas redes sociais.

A Justiça ainda não tomou uma decisão acerca do processo. Mas no “tribunal das redes sociais”, a briga judicial entre o ex-casal parece já ter um vencedor, e este é Johnny Depp.

O numeroso fã-clube do ator de 58 anos nunca o abandonou, mesmo diante das mais escandalosas revelações durante o processo. Entre os que não soltam a mão de Depp, as mulheres formam maioria. Elas inclusive tem se mobilizado para levar flores e presentes para o ídolo do lado de fora do tribunal.

Quanto a Amber Heard, o apoio feminino definitivamente não é o mesmo.

Eve Barlow, amiga íntima de Heard, usou suas redes sociais recentemente para tratar desse pouco apoio feminino à amiga. Segundo ela, as mulheres que apoiam Johnny Depp “sofrem de baixa autoestima”.

“É fácil para as mulheres com baixa autoestima odiarem Amber e usarem como justificativa a força e a beleza típica dela, negando sua própria inveja. Elas percebem um poder que é um mito e ignoram a própria incapacidade de controlar a misoginia.”, disse Eve Barlow no Twitter.

Para Eve, Amber é uma “mulher batalhadora” que teve que trabalhar duro para chegar onde está e não consegue apoio porque não é “a donzela em perigo”.

“Amber Heard teve que lutar pelo que tem hoje, apesar de sua posição e suposto privilégio. Ela também não tem um salvador. É mais fácil amar uma mulher que é a donzela em perigo do que simpatizar com a mulher que teve que se libertar.”, disse Barlow.

Eve também falou sobre as piadas sobre Amber Heard que têm viralizado no TikTok. Para ela, qualquer pessoa que compartilha esses vídeos está “contribuindo” para silenciar uma pessoa abusada.

“Sério, qualquer um que endosse o abuso contra Amber está agindo de má fé. Você não pode argumentar que isso não tem um efeito negativo sobre as sobreviventes de abuso. Todos aqueles que zombam de seu testemunho estão contribuindo para o silêncio”. finalizou Eve.

O julgamento entre Amber Heard e Johnny Depp está temporariamente suspenso porque a juíza Penney Azcarate tinha outros compromissos urgentes.

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.