Faleceu nesta terça-feira (22/11) o cantor e compositor Erasmo Carlos, aos 81 anos. Ele havia sido internado às pressas na manhã de ontem no Hospital Barra D’or, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O cantor havia recebido alta no início do mês depois de passar nove dias internado no hospital, com um quadro de edema.

Fernanda, esposa de Erasmo, estava ao lado dele no momento da partida. A causa do óbito ainda não foi divulgada.

Há alguns meses Eramos vinha tratando uma síndrome edemigênica, doença que ocorre quando há um desequilíbrio bioquímico, dificultando a manutenção dos líquidos dentro dos vasos sanguíneos. Geralmente é causada por doenças cardíacas, renais ou dos próprios vasos.

Erasmo Carlos ficou conhecido por ser um dos pioneiros do rock brasileiro e por sua parceria de sucesso com Roberto Carlos. Ele deixa um grande legado para a música brasileira. Foram 50 anos de carreira, mais de 500 canções e muitos sucessos, como “Além do Horizonte”, “É Preciso Saber Viver”, “O Bom”, que ultrapassam gerações e ficaram na memória do público.

***
Redação Conti Outra, com informações do Metrópoles e GShow.
Capa: Reprodução

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.