A 3ª temporada de “Dark” já está disponível na Netflix; confira o trailer.

A hora de conhecer o destino de Jonas é agora. A Netflix nos traz o passatempo perfeito para aproveitar o fim de semana: decifrar essa série confusa.

Ana Carolina Conti Cenciani

O anúncio do lançamento da 3ª temporada desta série misteriosa nos deixou muito ansiosos. E não apenas porque seria um novo passatempo para nossa quarentena, mas também porque a série, por mais confusa que seja nos cativou. A história é espetacular.

O site Rotten Tomatoes classificou Dark como o melhor seriado da Netflix, e não é à toa. Começando pelo ponto em que é uma produção alemã, que nos permite ter contato com o cinema de outra parte do mundo, expandindo nosso espectro, anteriormente focado exclusivamente em filmes e séries norte-americanos.

Além disso, a série traz um toque do diretor Baran bo Odar para nos mostrar um thriller psicológico complexo e imprevisível, tão emaranhado que até dificulta a produção de spoilers. Com esse composto, a produção nos mostra uma série que ocorre em Winden, uma pequena cidade alemã. A narrativa começa com o desaparecimento de uma criança em 2019, algo que lembra bastante os eventos ocorridos na cidade em 1986. A partir daí, o seriado leva os telespectadores para passear por diferentes épocas chamadas ciclos, exatamente separados por 33 anos.

Nasceu em 2017, continuou em 2019 com a segunda temporada e, em 27 de junho de 2020, o dia do ciclo final, do apocalipse. Já podemos aproveitar os oito episódios e dar o tão esperado encerramento deste drama. Estamos confiantes de que não ficaremos desapontados, pois é uma história que foi planejada por três temporadas, não uma extensão improvisada e desnecessária para lucrar um pouco mais.

Vamos acompanhar Jonas e Martha para conhecer seu destino, lembre-se de que tudo está conectado.

Com informações de UPSOCL

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Ana Carolina Conti Cenciani
Ana, 19 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui notícias que são boas de se ler.