7 filmes e séries que nos fazem entender melhor o mundo LGBT+

Todos disponíveis na NETFLIX!

Ana Carolina Conti Cenciani

A CONTI outra fez uma seleção de diversos filmes e séries onde existe representatividade LGBT+. Com toda a luta dessa minoria, é importante que todos tenhamos a oportunidade de conhecer e entender melhor esse mundo!

1- Hoje eu quero voltar sozinho

Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade. Um filme brasileiro cheio de emoções!

2- Orange is the New Black

Piper Chapman (Taylor Schilling) é uma mulher por volta de seus 30 anos que é sentenciada a 15 meses de prisão após ter cometido crimes para sua ex-namorada, a traficante Alex (Laura Prepon) — que não vê há mais de uma década. Piper troca a sua vida confortável de Nova York, com o noivo Larry (Jason Biggs), pelo macacão laranja, e cumpre sua sentença na Penitenciária Feminina de Litchfield. Para sobreviver, ela precisa aprender a conviver com as outras detentas. O que Piper não espera é encontrar a ex cumprindo pena no mesmo lugar. Esse seriado além de nos mostrar um pouco sobre o mundo LGBT, ainda nos conecta um pouco com a vida nas penitenciárias americanas.

3- Unbreakable Kimmy Schmidt

Depois de viver durante 15 anos isolada em um culto, acreditando que era uma das únicas sobreviventes de um apocalipse que dizimou a Terra, Kimmy (Ellie Kemper) descobre que estava sendo enganada. Assim que é liberta, ela decide ir morar em Nova York, onde faz novos amigos e descobre um mundo inteiramente novo, que ela vai desbravar com um desafio por vez. O mais engraçado do seriado é o novo amigo de Kimmy, o Tituss, um jovem negro e gay que nos cativa a cada segundo dos episódios!

 

4- Ru Paul’s Drag Race

RuPaul, a drag queen mais famosa do mundo, apresenta o concurso mais colorido da televisão. As concorrentes precisam ser divas com muito glamour para ganhar o cobiçado título de Drag Queen Superstar. O reality show mostra desde a produção dos looks até os ensaios de dança das drags. Durante seus episódios várias referências da história do Mundo Drag são colocadas em pauta, além é claro de muita cultura pop!

 

5- A Morte e a Vida de Marsha P. Jonhson

Documentário sobre o legado político deixado por Marsha P. Johnson, a estrela da TV americana e lendária figura do gueto gay de Nova York, conhecida por muitos como a “Rosa Parks do mundo LGBT”. Ao lado de Sylvia Rivera, Marsha foi a responsável por fundar a Transvestites Action Revolutionaries, um grupo de ativistas trans do país.

6- Elisa y Marcela

Em 1910, acontecia na Igreja de San Jorge, na região de Coruña, na Galícia, um casamento inesperado entre Elisa e Marcela. Para driblarem as regras locais e poderem se casar, Elisa forja documentos de um parente falecido e se passa por um homem para viabilizar a primeira união homossexual da Europa.

 

7- CAROL

A jovem Therese Belivet (Rooney Mara) tem um emprego entediante na seção de brinquedos de uma loja de departamentos. Um dia, ela conhece a elegante Carol Aird (Cate Blanchett), uma cliente que busca um presente de Natal para a sua filha. Carol, que está se divorciando de Harge (Kyle Chandler), também não está contente com a sua vida. As duas se aproximam cada vez mais e, quando Harge a impede de passar o Natal com a filha, Carol convida Therese a fazer uma viagem pelos Estados Unidos.

 

Com informações de AdoroCinema

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS