5 razões para deixar as crianças sem fazer nada

Crianças não são adultos em miniatura. Logo, suas atividades e divisão do tempo devem seguir o ritmo da sua idade e não o das expectativas de seus pais.

Os pais, às vezes na melhor das intenções, matriculam seus filhos em inúmeros cursos e atividades extracurriculares. O tempo ocioso, porém, é fermento indispensável para o desenvolvimento da criatividade, dos descobrimentos naturais da infância e de diversos outros enfrentamentos que devem acontecer sem tutorial e agenda.

Abaixo, veja algumas razões descritas pelo site Primi Stli para dar uma folga no cronograma da criançada.

CRIATIVIDADE – Se dermos um tempo livre para a criança, sem propor atividade alguma, veremos como ela é capaz de inventar suas próprias brincadeiras, brinquedos e histórias. Quando está muito ocupada ou tem alguém dirigindo suas ações, ela nem sempre consegue deixar a imaginação fluir.

PERCEPÇÃO CORPORAL – Criança precisa de espaço e brincadeira livre para entender como funciona o próprio corpo, para subir no sofá, dançar, rolar pela grama… É muito bom deixar que o pequeno decida sobre seus movimentos. Claro que é preciso observar de perto, para intervir em caso de perigo.

CONCENTRAÇÃO – Quando a criança é hiperestimulada, além de ficar irritada, tem dificuldade para se concentrar em atividades como a leitura.

FIXAR O QUE É IMPORTANTE – Somos bombardeados de informações o tempo todo. Se a criança não tiver esse período de ócio, será difícil processar e absorver tudo o que aprendeu num único dia.

ENCARAR OS MEDOS – Quando a criança entende que é capaz de superar os desafios, que existe coragem dentro dela, se sente motivada a seguir em frente. Na vida adulta, ela provavelmente já estará familiarizada com essa sensação.

Imagem de capa: Elena Efimova/shutterstock

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.