5 passos para gostar de si mesmo

Você costuma se comparar com alguém e fica frustrado por se minimizar? Saiba que antes de amar o mundo e qualquer coisa que está nele, você deve amar a si mesmo.

Você costuma se comparar com alguém e fica frustrado por se minimizar? Saiba que antes de amar o mundo e qualquer coisa que está nele, você deve amar a si mesmo. Comece praticando o perdão quando cometer erros ao invés de se punir, afinal, todos estamos sujeitos a errar e também a aprender com esses erros.

Vivemos em uma sociedade que nos leva a comparar, inclusive, nós mesmos com os outros. E o pior é que essa mesma sociedade nos convida a depender da aprovação das outras pessoas.

Mas depender da opinião externa para nos sentirmos bem com o que decidimos ou fazemos, acaba por destruir a nossa própria autoestima e isso acontece pouco a pouco. Quando percebemos, já estamos sofrendo de baixa autoestima. Se você se encontra assim, anote alguns passos para gostar de si mesmo e alimentar o seu amor próprio, antes que você colha resultados negativos.

Por que devo gostar de mim mesmo?

São muitas razões para você gostar de si mesmo e uma delas é o fato de que, sem se amar, você é incapaz de amar ao próximo. Se você se sente constantemente culpado, é autocrítico, reclama muito, dá muita importância à opinião dos outros e se comparar com as outras pessoas, está com sintomas de baixa autoestima. Veja aqui algumas razões para aumentar o seu amor próprio:

  1. Você é mais importante do que a aprovação dos outros

Lembre-se de que você tem vida própria e não depende da permissão de ninguém para ser quem desejar. Claro que você não deve ser egocêntrico, mas deve entender que não está praticando crime algum ao colocar suas próprias necessidades em primeiro plano. Corte pessoas que te direcionam ao caminho errado, que te colocam para baixo e não te tratam com respeito. Saiba que as pessoas ao seu redor devem lhe dar apoio, portanto, foque na qualidade que podem lhe oferecer e não na quantidade.

  1. Mude apenas o que deve ser mudado

Não fique inerte, preso no mesmo lugar e sem fazer progresso, isso é desanimador. Mantenha tudo o que te faz feliz e não roube seu tempo e toda a sua energia. Abra mão de tudo o que não lhe capacita, sem medo. No começo você pode encontrar dificuldades, mas tenha certeza que ao longo prazo, conseguirá fazer apenas o que lhe dá satisfação.

  1. Saiba se perdoar

Todos nos cometemos erros o tempo todo e está na hora de você deixar no passado seus erros. Para se libertar, comece se abrindo com as pessoas que foram prejudicadas e peça perdão. Com certeza você vai conseguir se perdoar, independente se suas vítimas lhe perdoaram ou não. Não se esqueça de que seus erros não definem quem você e eles podem se transformar em uma grande lição para a vida toda.

  1. Acredite, você é capaz!

Se você não é capaz de acreditar em si mesmo, ninguém será. Portanto, jamais se coloque para baixo, duvidando de suas próprias forças, pois isso fará com que os outros também te veja e haja assim com você. Mantenha sempre a sua cabeça erguida, sinta orgulho de si mesmo e vá atrás dos seus sonhos, sem medo de fracassar. Acredite em suas habilidades para conseguir alcançar os seus objetivos.

  1. Tenha um tempo só para você

Dedique um tempo só para você, todos nós precisamos. Seja um dia da semana ou até do mês, mas não deixe de aproveitar as coisas que gosta, como fazer compras, relaxar lendo um livro, na praia, na piscina ou em um spa com direito a massagens para aliviar o estresse do dia a dia. Você vai voltar para casa revigorada e conseguirá cuidar melhor de si mesmo, bem como das suas tarefas cotidianas. Comprove!

E não se esqueça jamais de que na história da sua vida, você é o escritor. Então, se quiser ter um bom final, cuide para que cada capítulo seja bem escrito. Saiba também que a baixa autoestima pode resultar em depressão, já que a falta de amor próprio traz insegurança, ansiedade, medo e muitos outros sentimentos negativos.

***

Escrito por Andreia Silveira do site PlanodeSaudeNota10.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.