5 lições que aprendi (ou reaprendi) cultivando uma horta orgânica na varanda de casa

Aprendi muitas coisas com minha horta e resolvi compartilhar vocês.

Kássia Luana

Final de tarde.

Neste momento estou sentada na varanda de casa, escutando os passarinhos que brincam nas árvores em volta, apreciando a horta que iniciei recentemente e orgulhosa dos resultados que tenho obtido.

Ter horta é uma terapia. Enquanto você está ali preparando a terra, escolhendo as sementes, cuidando das plantinhas recém nascidas… o celular fica de lado, o relógio também. O tempo voa. Isso é meditação.

O contato com a natureza é reenergizante. Estudá-la, conhecer seus recursos, ver os resultados e entender que tudo (tudo mesmo) tem seu tempo, seu momento.

Aprendi muitas coisas com minha horta e resolvi compartilhar vocês.

1. Paciência

Se você quer resultados imediatos em uma horta pode esquecer. Cada semente exige um tempo para se desenvolver. Uma precisa de luz, outra de sombra. Uma de bastante água, outra de pouquíssima. E, se quer resultados, você precisa respeitar isso. Caso contrário, vai se frustrar.

Assim também é na vida. Muitas vezes queremos apressar os resultados e acabamos ansiosos, tristes, frustrados porque o que desejávamos não aconteceu no tempo ou da forma que gostaríamos. Assim como na horta, cada coisa, cada pessoa, tem seu tempo e não podemos (ou devemos) forçar para não estragar o processo. Paciencia é a chave.

2. Disciplina

Umidecer a terra em horários de sol baixo ou nenhum, retirar ervas daninhas, proteger do excesso de calor ou frio, afastar as pragas… se você quer plantas bonitas e saudáveis precisa ter disciplina.

Se quer um relacionamento saudável, uma carreira bem sucedida, uma vida mais feliz, uma mente equilibrada ou qualquer outra coisa, você precisa ter disciplina. Valorizar o que é bom, tirar pela raiz o que não serve, respeitar seu tempo e horários, se proteger… “Disciplina é liberdade”.

3. Dedicação

Não adianta jogar as sementes ou colocar as mudas no vaso e deixar lá até que você se lembre e volte esperando colher bons legumes e hortaliças. Você precisa se dedicar! Regar, adubar, limpar… dar atenção de verdade.

O mesmo acontece na vida. Se você tem um objetivo, um sonho real, precisa se dedicar à ele e trabalhar para que se realize. Se quer fazer a viagem dos sonhos, por exemplo, precisa poupar dinheiro. Se o que ganha não é suficiente, criar novas fontes de renda. Se O sucesso, em qualquer área, vem pra quem persevera. Não desista!

Quer passar num concurso, estude. Se o método de estudo que está usando não funciona, tente outro. E assim vai… Dedicação gera lindos resultados em todos os setores da vida.

4. Respeito

Eu queria muito ter alface num determinado ponto da varanda. Mas não era o lugar propício. Mesmo contrariada, resolvi testar em outros lugares, mas adequados à ele. Em uma semana, tive resultados incríveis. Ou seja, respeitei as necessidades dele e ele me deu retorno super positivo.

Imagine você, acostumado com o Verão do nordeste ser colocado à força no Alasca, nu, enquanto alguém te pressiona a dar o mesmo resultado que daria no seu lugar natural. Entende?

Muitas vezes fazemos isso com os nossos amigos, colegas de trabalho, filhos e parceiros. Tentamos molda-los do nosso jeito e, mesmo por amor, não respeitamos as necessidades e o tempo deles.

Não tente mudar a natureza das coisas ou das pessoas. Respeite o tempo, o espaço e a necessidade de cada um. Não force nada. SOLTE. Os resultados são bem melhores e mais felizes se vierem naturalmente.

5. Perseverança

Quantas coisas plantei e não nasceram. Outras, nasceram e morreram. Outras começaram à crescer mas os frutos não vieram. Mais eu nunca pensei em desistir. Se não deu certo no vaso pequeno, plantava num maior. Se no sol morreu, plantava na sombra. Se de um tipo não cresceu, investia em sementes de outro tipo. Estudo, pesquiso, pergunto para quem tem experiência e tento de novo. E os resultados vieram maravilhosos.

A vida nos apresenta inúmeros desafios. Relacionamentos que não deram certo, brigas na família, trabalho complicado, saúde… Eu entendo que muitas vezes dá mesmo vontade de desistir. Mas, se você não tirar uma lição do que deu errado e tentar novamente, nunca vai obter bons resultados. O sucesso, em qualquer área, vem pra quem persevera. Não desista!

Flua com a natureza. Não force nada. Desapegue-se dos resultados e curta o processo. E, se me permite mais uma dica, tenha uma hortinha em casa. Você vai se divertir, vibrar, aprender e perceber que meditação é muito mais divertido do que dizem.

Muito obrigada
Namaste

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Kássia Luana
Quem sou eu? Energia, felicidade, paz, amor e gratidão. Autora do livro "O diário da Ana".