3 cuidados que você deve ter com seu HD externo

O HD externo é uma ferramenta útil para as empresas e para uso pessoal. Porém, alguns cuidados são fundamentais para aumentar sua vida útil. Descubra quais!

CONTI outra

Existem equipamentos que são úteis tanto para empresas quanto para o uso pessoal, e um deles é o HD externo. É neste periférico que muita gente salva documentos, vídeos e fotos importantes, mas o que as pessoas nem sempre sabem é que existem alguns cuidados que você deve ter com seu HD, para que ele dure mais.

Essas precauções são práticas simples de realizar, mas capazes de causar um efeito positivo sobre a “saúde” do equipamento. Assim, você consegue manter seu HD funcionando por muito mais tempo, sem riscos de perder os vídeos da última viagem ou aquelas fotos da infância.

Por isso, conheça 3 cuidados que você deve ter com seu HD externo, para que a vida útil do seu equipamento supere as expectativas.

1. Limpeza de arquivos de tempos em tempos

É muito comum que, na rotina agitada de uma pessoa, os arquivos de um computador sejam passados sem nenhum critério para o HD. Por conta disso, não é difícil ter um HD recheado de arquivos que não são, de fato, úteis.

Para evitar essa situação, a dica é se organizar para fazer uma limpeza nos arquivos de tempos em tempos. Dessa forma, você consegue manter salvo somente o que for importante, deixando o HD mais leve e com melhor performance.

E você não precisa se preocupar em excluir dados sem querer. Hoje, já existem softwares de recuperação de HD. Um dos programas mais indicados para recuperar arquivos deletados do HD é o Recoverit.

O funcionamento do software é bem simples: após instalar o Recoverit no computador, conecte o HD externo e selecione o periférico na tela do programa. O Recoverit vai começar o procedimento de recuperar arquivos deletados HD.

Primeiro, ele vai apresentar uma lista com os arquivos apagados HD. Então, o usuário consegue visualizar o documento e salvar somente aquilo que for de seu interesse. O Recoverit pode recuperar partição excluída e formatada, o que faz dele o tipo de programa para manter instalado no seu computador. Bem simples, certo?

2. Como você guarda seu HD

Outro dos cuidados que você deve ter com seu HD externo é a forma como armazena o equipamento, afinal, mesmo pequenas partículas de poeira podem provocar estragos nesse disco sensível.

A primeira dica é manter o seu HD externo longe da exposição ao pó. Deixá-lo em sua mesa quando não estiver utilizando o periférico, pode ser bastante arriscado.

Como os discos externos rodam em alta velocidade quando “lidos” pelo computador, se houver uma partícula de pó sobre ele, um arranhão será inevitável. Por isso, ao finalizar o uso, lembre-se de acomodar o HD em uma case ou mesmo em uma caixinha, longe da poeira.

Você também deve evitar expor seu HD à altas temperaturas, já que o calor pode causar desligamentos, degradação da estrutura física e até travamentos.

Para entender a importância da temperatura, basta observar o quanto o HD do computador pode sofrer caso o cooler não consiga resfriá-lo. No PC, o calor é uma das causas de perda de dados do HD interno, e somente um software especializado será capaz de recuperar os arquivos apagados do computador.

3. Evite os impactos

Por fim, outro cuidado que você deve ter com seu HD externo é evitar impactos. Como esse equipamento tem uma certa sensibilidade, dependendo do impacto, sua estrutura pode ser danificada e a leitura de dados vai ser praticamente impossível.

Se o HD externo cair no chão, por exemplo, existem grandes chances de suas pequenas peças se chocarem umas contra as outras, causando danos que não seriam possíveis de corrigir. Por isso, a dica é simples: muito cuidado ao transportar e manusear o seu HD.

Você também pode evitar um impacto eletrônico, que é deixar o seu HD externo sem corrente elétrica repentinamente. Isso acontece quando o periférico é retirado do computador, sem o processo de segurança.

Ao clicar para ejetar o HD do seu computador, o sistema vai parar de enviar corrente elétrica, permitindo que ao retirar o HD, ele não sofra “choques” e interrupções. Se é importante remover pen drive com segurança, imagine um HD externo!

Vida útil mais longa

Imagem: Freepik

Estima-se que a vida útil de um HD varia de cinco a oito anos, dependendo dos cuidados que o usuário toma. Por isso, pensar a longo prazo e seguir dicas para cuidar melhor do seu HD faz toda a diferença no quesito durabilidade.

Ao colocar em prática os cuidados que você deve ter com seu HD externo, você está protegendo um equipamento sensível, que pode ser essencial caso o seu computador apresente falhas.

No final, tomar precauções é bem mais fácil do que ter que resolver um grande problema com os periféricos, não é mesmo?

Imagem de capa: unsplash

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES




COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.