20 principais características das pessoas que sentem demais

1. Saber: os sensitivos sabem coisas sem que elas lhes sejam ditas. É um conhecimento que vai além da intuição, mesmo que essa seja a forma como muitos poderiam descrever o saber. Quanto mais sintonizados eles são, mais forte este dom se torna.

2. Estar em locais públicos pode ser esmagador ou avassalador: lugares como shoppings, supermercados ou estádios, onde há uma grande quantidade de pessoas ao redor, podem sobrecarregar o empata com emoções turbulentas.

3. Sentir as emoções e tomá-las como suas: esse é um grande fardo para pessoas sensitivas. Algumas delas sentirão emoções vindas daqueles que estão perto e outras poderão sentir as emoções de pessoas a uma grande distância, ou até ambas. Os empatas mais sintonizados perceberão se alguém tem maus pensamentos sobre eles, até mesmo a uma grande distância.

Por Sergey Nivens/shutterstock

4. Assistir violência, crueldade ou tragédias na TV pode se tornar insuportável. Quanto mais sintonizado um empata se torna, pior se torna o ato de ver TV. Pode acontecer, eventualmente, de ele ter que parar de ver televisão ou mesmo ler jornais.

5. O empata sabe quando uma pessoa não está sendo honesta: se um amigo ou um ente querido está lhe dizendo mentiras, ele sabe disso (embora muitos sensitivos tentem não se focar muito nesse conhecimento porque saber que um ente querido está mentindo pode ser doloroso). Se alguém está dizendo alguma coisa, mas, sente ou pensa de outra forma, o empata simplesmente sabe.

6. Os problemas dos outros: um empata pode se tornar uma lixeira para questões e problemas de toda a gente e, se não tiver cuidado, pode acabar assumindo esses problemas como seus.

7. Fadiga constante: os sensitivos muitas vezes ficam sem energia, pois, a perdem para vampiros de energia, ou apenas dispensando demasiada energia própria com os outros. Muitos são diagnosticados com Fadiga Crônica ou até Fibromialgia.

8. Personalidade possivelmente viciada: álcool, drogas e sexo são, para citar apenas alguns vícios a que os empatas podem recorrer para bloquear as emoções dos outros, formas de auto-proteção a fim de se esconder de alguém ou de algo. Esses hábitos podem não se tornarem um vício mas, em menor escala, podem ser válvulas de escape regulares.

9. Atração para a cura, terapias holísticas e todas as outras coisas metafísicas: embora muitos sensitivos gostem de curar os outros, podem acabar por se afastarem dessa vocação (mesmo tendo eles uma capacidade natural para isso), porque eles carregam muito daqueles que eles estão tentando ajudar. Especialmente se eles não souberem da sua capacidade e habilidade com relação a empatia. Qualquer coisa que tenha uma natureza sobrenatural é de interesse para os sensitivos. Eles não se surpreendem ou ficam chocados facilmente.

10. Criatividade: cantar, dançar, atuar, desenhar ou escrever, um empata terá uma forte veia criativa e uma imaginação muito fértil.

11. Amor pela natureza e pelos animais: estar ao ar livre na natureza é uma obrigação para os sensitivos, e os animais de estimação são uma parte essencial da sua vida. Podem não os ter, porque acreditam que eles devem ser livres, mas têm grande carinho e sentido de proteção com relação a eles.

12. Necessidade de solidão: um empata pode ficar muito mal se não tiver algum tempo de silêncio. Isso é ainda muito evidente em crianças empáticas.

13. Gostam de aventura, liberdade e viagens: os sensitivos são espíritos livres.

14. Adora sonhar acordado: um empata pode olhar para o espaço por horas, ficando num mundo muito próprio e de muita felicidade.

15. Propensão para carregar peso sem necessariamente se desgastar: o excesso de peso é uma forma de proteção para impedir a chegada das energias negativas que, por si só, já têm muito impacto.

Por Sergey Nivens/shutterstock

16. Excelente ouvinte: o empata não vai falar de si, a menos que seja para alguém em quem realmente confia. Ele gosta de conhecer os outros e com eles aprender.

17. Intolerância ao narcisismo: embora sensatos e generosos, os sensitivos não gostam de ter pessoas ao seu redor que sejam excessivamente egoístas, que se coloquem em primeiro lugar e se recusem a considerar os sentimentos dos outros ou pontos de vista diferentes dos seus.

18. Sente a energia dos alimentos: muitos sensitivos não gostam de comer carne ou aves, ainda que eles gostem do seu sabor; pois, eles podem sentir as vibrações do animal (especialmente se o animal sofreu).

19. Pode parecer mal-humorado, tímido, indiferente, desconectado: dependendo de como um empata se sente, isso influenciará sobre como ele se mostra para o mundo. Empatas podem ser propensos a mudanças de humor e, se eles captarem energia muito negativa, aparecerão calados. Um empata detesta ter de fingir que está feliz quando está triste, isso só aumenta a sua carga e pode fazê-lo sentir como que se estivesse se escondendo debaixo de uma pedra.

20- A capacidade de sentir os dias da semana: um empata sentirá o “Sentimento de Sexta-feira”, trabalhe ele às sextas-feiras ou não. Eles captam a energia do coletivo. O primeiro par de dias de um longo fim de semana de feriado (da Páscoa, por exemplo) pode ser sentido por eles como se o mundo estivesse sorrindo, calmamente e relaxadamente. Domingo à noite, as segundas-feiras e terças-feiras, de uma semana de trabalho, têm um sentimento muito pesado.

Imagem de capa: Por Irina Alexandrovna/shutterstock

Artigo baseado no texto “30 traços de uma pessoa SENSITIVA”, publicado na CONTI outra.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.