20 frases desconcertantes de Içami Tiba que são um tratado de boa educação

A CONTI outra selecionou 20 frases que são desconcertantes pela sua veracidade, mas que formam um tratado de educação que equilibra limites e afeto.

Içami Tiba foi um médico psiquiatra, falecido em 2015, e que tinha o grande diferencial de falar do comportamento infantil e da educação considerando a necessidade de disciplina para a formação de cidadãos respeitáveis e mentalmente saudáveis.

Ele destacou-se também como colunista e era sempre chamado em programas de tv, jornais e revista por sua autoridade no assunto, seu olhar afetivo e a ampla consideração que tinha no processo relacional entre a psicologia, pais e alunos.

Abaixo, a CONTI outra selecionou 20 frases que são desconcertantes pela sua veracidade, mas que formam um tratado de educação que equilibra limites e afeto.

1- “Pais que não disciplinam os filhos terão que sustentá-los a vida toda”

2- ‘Não é errando que se aprende, mas sim corrigindo o erro.”

3-“Os pais podem dar alegria e satisfação a um filho, mas não há como lhe dar felicidade. Os pais podem aliviar sofrimentos enchendo‐o de presentes, mas não há como lhe comprar felicidade. Os pais podem ser muito bem‐sucedidos e felizes, mas não há como lhe emprestar felicidade. Mas os pais podem aos filhos dar muito amor, carinho, respeito. Ensinar tolerância, solidariedade e cidadania. Exigir reciprocidade, disciplina e religiosidade. Reforçar a ética e a preservação da Terra. Pois é de tudo isso que se compõe a autoestima. É sobre a autoestima que repousa a alma, e é nessa paz que reside a felicidade.” (Içami Tiba, livro: Quem Ama, Educa!)

4- O principal “veneno” da educação dos filhos é a culpa. Culpa de trabalhar fora, quando pensa que devia estar com os filhos. Culpa de estar com os filhos, quando acha que devia estar trabalhando.

5- “O adolescente não é dono do quarto”

6- “Nenhuma criança nasce folgada, ela aprende a ser.”

7- “Você quer educar? Seja educado. E ser educado não é falar ‘licença’ e ‘obrigado’. Ser educado é ser ético, progressivo, competente e feliz.”

8- “Embaixo de um folgado tem sempre um sufocado”

9- “O erro mais frequente na educação do filho é colocá-lo no topo da casa. O filho não pode ser a razão de viver de um casal. O filho é um dos elementos. O casal tem que deixá-lo, no máximo, no mesmo nível que eles. A sociedade pagará o preço quando alguém é educado achando-se o centro do universo.”

10- “As mães que carregam as mochilas dos filhos estão lhes ensinando que cabe a eles curtir a vida enquanto a elas cabe a responsabilidade de tudo.
A atitude correta seria cada filho carregar o que lhe fosse possível e a mãe ajudasse naquilo de que o filho precisar. E ela teria mais tempo de conviver com os filhos, caso não se escravizasse em benefício deles.
E o pai, que vê a mãe carregando tudo? Por que deixa isso acontecer? Quando é ele quem leva os filhos à escola nem se dá ao trabalho de descer do carro. E, se descuidar um pouco, é capaz de nem conversar com eles durante o trajeto, pois precisa ouvir as notícias pelo rádio. Esse tipo de pai deve abrir os olhos. E também os ouvidos para o que os filhos falam. Mais ainda: abrir os braços para ajudá-los no que precisarem.” (Içami Tiba, livro: Disciplina – Limite na medida certa)

11- “Dinheiro ‘a rodo’ para o filho é prejudicial. Mesmo que os pais o tenham, precisam controlar e ensinar a gastar.”

12- “A primeira coisa a saber é que não há uma idade ideal para começar a se trabalhar disciplina. Pais que querem filhos disciplinados precisam proporcionar um ritmo básico para eles. Quem não tem ritmo desobedece porque a normalidade para ele é justamente a falta de ordem.”

13- “Pai não é melhor que mãe nem vice‐versa. São apenas diferentes. E essas diferenças ampliam as possibilidades educativas, trazendo retornos relacionais mais ricos. A herança genética está nos cromossomos. Mas desde o nascimento a criança absorve o modo de viver, o “como somos” da família. Assim, ela aprende naturalmente com as pessoas que a cercam.” (Içami Tiba, livro: Quem Ama, Educa!)

14- “Jovens que não tiveram nenhuma educação em valores vivem e aprendem o que aparece no momento, deixam-se levar por aquilo que é vigente. Quem tem valores sólidos dentro de si é capaz de olhar para uma situação sem ser envolvido por ela, e pode analisá-la e criticá-la.”

15- “Existe uma situação bastante prejudicial ao filho. Há casos em que há tantas expectativas e tantos sonhos atrelados à criança, que os pais não a veem como realmente é. Relacionam-se com o filho sonhado e não com o filho real. Nós, pais, devemos estar atentos a isso; afinal de contas, o sonho, a idealização e as expectativas fazem parte do processo de gerar um filho.” (Içami Tiba. Livro: Seja feliz, meu filho)

16- “Não se pode fazer o que se quer, pois a vontade tem que ser educada. O que seria do trânsito, da sala de aula, dos clubes, dos aeroportos, do país se cada um fizesse o que tivesse vontade? Seria o caos. As regras existem para o benefício de todos, e a disciplina faz parte da educação de uma sociedade.” (Içami Tiba, livro: Disciplina – Limite na medida certa)

17- “Aprovar tudo o que a criança faz ensina‐lhe que quem a ama satisfaz todas as suas vontades. Mas a própria vida vai se encarregar de contrariá‐la. E a escola oferece o primeiro passo para isso: o aluno fica sem os pais na sala de aula. Alunos há que não querem aceitar esta regra da educação. Podem eles entender que a escola não os ama, por contrariá‐los. Cabe aos pais demonstrar que estão de acordo com as regras da escola que escolheram e não reforçar o que pensam as crianças, querendo permanecer com eles.” (Içami Tiba, livro: Quem Ama, Educa!)

18- “A herança genética está nos cromossomos. Mas desde o nascimento a criança absorve o modo de viver, o “como somos” da família. Assim, ela aprende naturalmente com as pessoas que a cercam. E no futuro transmitirá tal aprendizado a seus filhos, perpetuando comportamentos através das gerações subsequentes.” (Içami Tiba, livro: Quem Ama, Educa!)

19- A arte de ser mãe e pai é educar os filhos para que se tornem afetivamente autônomos, financeiramente independentes e cidadãos éticos do mundo. Quanto mais competentes educadores os pais forem, menos necessários se tornarão eles para os filhos, e o vínculo afetivo será mantido eternamente em nome da saudável integração relacional.” (Içami Tiba, em “Quem Ama, Educa!”)

20- “O mestre é um caminho para seu aprendiz chegar à sabedoria. O aluno tem de superar o professor. O verdadeiro mestre se orgulha de ter sido um degrau na vida do aprendiz que venceu na vida. Ensinar é um gesto de generosidade, humanidade e humildade. É oferecer alimento saboroso, nutritivo e digerível àqueles que querem saber mais porque ensinar é um gesto de amor!” (Içami Tiba)

Você também é fã desse grande médico e educador? Siga sua página no Facebook.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Josie Conti
É idealizadora e administradora do site CONTI outra. Psicóloga formada há 16 anos, teve sua trajetória profissional passando por diversas áreas de formação e atuação como educação, clínica, recursos humanos e saúde do trabalhador. Hoje, utiliza o conhecimento adquirido para seleção de pessoal e de material adequado aos sites com que trabalha. Teve um programa diário, o CONTI oura, na rádio 94.7 FM de Socorro. Atualmente realiza vídeos, palestras, entrevistas, e escreve para diversos canais digitais. Sua empresa ainda faz a gestão de sites como A Soma de Todos os Afetos e Psicologias do Brasil. Possui mais de 10 milhões de usuários fidelizados entre seus seguidores diretos e seguidores dos sites clientes. Em 2017, foi convidada para falar sobre conteúdo de qualidade no evento “Afiliados Brasil” de São Paulo, à convite da Uol, pois o CONTI outra foi considerado um dos melhores sites de conteúdo ligados a empresa.