O pequeno Jake chegou a sua casa com a saúde em dia, viveu seus primeiros dois anos com todo o amor e cuidado necessário. Porém, quando tinha apenas dois anos, teve um problema nos olhos que o fizeram parar de enxergar.

Como seus dutos lacrimais pararam de funcionar, os donos de Jake decidiram operá-lo e remover seus olhos, que estavam no lugar apenas para causar dor ao cão. Para a sorte dele, ele não estava sozinho: tanto durante a operação quanto em sua recuperação, Jake tinha Addie, a outra retriever da família, que se tornou a guia inseparável de Jake.
Hoje, o cão cego está totalmente adaptado à sua nova vida, mas nunca teria sobrevivido sem o apoio da família e, principalmente, a ajuda de Addie, sua irmã.

O poder da amizade sempre será o mais forte, independentemente de estarmos falando de pessoas ou animais!
Veja 15 fotos desses dois companheiros inseparáveis, é a coisa mais fofa!

@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule
@thegoldensrule

Com informações de UPSOCL

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







Ana, 20 anos, estudante de Artes Visuais na UNESP de Bauru. Trago aqui matérias que são boas de se ler.