Há 10 anos, em 13 de março de 2012, o médico Flávio Freitas usou seu perfil no Facebook para compartilhar uma foto de um dos cânions do Lago de Furnas, em Capitólio (MG), com uma rachadura, e fez um alerta que muitos ignoraram: “Essa pedra vai cair”.

A postagem viralizou na web nesse fim de semana devido ao desabamento de um paredão registrado na rede social.

Entrevistado pelo jornal O Globo, o médico 52 anos disse que fez o registro da rachadura no cânion quando passeava em seu barco pelo local. Ele ressalta que “não é geólogo, mas [a fratura] era realmente gritante”.

“Em uma dessas viagens, passei por esse local onde houve o acidente, um dos mais visitados ali em Capitólio, e aquela fenda me chamou atenção, porque realmente ela é extensa, larga. Visualmente, ela apresentava um aspecto perigoso. Fiz a foto na ocasião e escrevi: ‘Essa pedra vai cair’. E passou”, disse Freitas.

“Quando recebi o vídeo do acidente ontem, reconheci o local. Voltei nos meus álbuns do Facebook e achei a foto, que postei de novo e gerou toda essa explosão midiática. Não foi previsão, não foi nada. Foi uma constatação”, complementou ao jornal O Globo.

De acordo com um balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros, 50 militares estavam empenhados na operação de busca, entre bombeiros militares e militares da Marinha do Brasil. A corporação confirmou oito óbitos pelo deslizamento, sendo quatro mulheres e quatro homens.

***
Redação Conti Outra, com informações de Yahoo!
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS




LIVRO NOVO: FABÍOLA SIMÕES







As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.