Você é um adulto imaturo? Descubra aqui.

Em qualquer relacionamento seu mesmo o mais trivial deles, sempre estarão refletidos seus valores e suas crenças e você estará expressando sua Inteligência Emocional.

Em qualquer decisão que você tomar você está expressando sua integridade. Você simplesmente não consegue deixar de expressar sua maturidade emocional e sua inteligência emocional.

A Maturidade Emocional mostra a habilidade que você tem em conhecer e monitorar suas emoções, acessar e compreender o estado emocional das outras pessoas e a capacidade de influenciar o comportamento e decisões destas pessoas.

Quantos anos você tem emocionalmente?

Você está crescendo ou só ficando mais velho?

ADULTO IMATURO CAPA

Compare seu comportamento habitual no gráfico abaixo. Se você se encaixa mais na grade da Imaturidade Emocional, você deve buscar recursos que te ajudem a melhorar e desenvolver sua maturidade emocional. Psicoterapia, Coaching, cursos e workshops de autoconhecimento são ferramentas que podem ajudar você a desenvolver mais suas Competências Emocionais.

ADULTO IMATURO

Pessoas emocionalmente imaturas necessitam de gratificações imediatas. Elas não conseguem esperar. Às vezes são compulsivos e não pensam antes de uma ação. Muitas vezes são fiéis somente enquanto você tiver alguma utilidade para eles.

Uma vida social e financeira caótica é um outro sinal de imaturidade emocional.

Adultos emocionalmente imaturos não têm nada a ver com ser criança ou adolescente. Pessoas emocionalmente imaturas são egoístas, preocupadas somente com seus próprios sentimentos e necessidades. Exigem atenção constante, empatia e elogios. Se eles não podem ser o centro das atenções, evitam qualquer tipo de participação.

A maturidade Emocional é adquirida quando começamos a prestar mais atenção ao que sentimos e a desenvolver mais nossas competências emocionais. Aprender a nos conhecer e a reconhecer o que nos tira do sério, ou o que desperta em nós medos, pânico e desespero, nos dá a possibilidade de ter o controle da nossa vida em nossas mãos novamente.

Praticando Maturidade Emocional

  1. Na sua vida você busca um sentido que te dê um senso de pertinência e humanidade, e não somente de interesse próprio? Enriquecer sua vida e a vida de outras pessoas tem um profundo significado de retorno e gratificação que só está disponível na maturidade emocional.
  2. Você sabe qual é sua missão de vida? Buscar sua missão de vida vai lhe ajudar a construir sua maturidade emocional e fazer valer a pena lutar pelos objetivos que você deseja alcançar.
  3. Aprenda a entender seu funcionamento e pratique a auto-aceitação. Auto-aceitação não significa que você está de acordo com o que você é. Mas só aceitando os aspectos negativos é que você pode iniciar uma mudança. A auto-aceitação é o primeiro passo.
  4. Peça a algum amigo(a) dar um feedback gentil de seu comportamento e suas atitudes. Tente se ver com eles lhe vêem. Evite ser defensivo nesta hora. Encare a realidade e veja qual o proveito que você pode tirar disso.
  5. Em situações de conflito, procure achar uma solução que seja boa para ambos. Se a solução de um problema for boa só para um lado, não será uma boa solução para o relacionamento e nem para sua vida.
  6. Faça uma lista para avaliar seus contatos profissionais e pessoais. Pense sobre cada pessoa desta lista e escreva ao lado quais as pessoas que inspiram o melhor de você e o pior. Procure se relacionar mais com as pessoas que inspiram o melhor em você e tente resolver o pior de você . Aceite isso como uma tarefa de sua responsabilidade para fortalecer seu auto respeito.
  7. Para finalizar, competências emocionais se aprendem e se aperfeiçoam em relacionamentos. Portanto, escolha um profissional que você confia para iniciar esta deliciosa aventura que é viver. Afinal, da vida se leva somente os relacionamentos.

Fonte indicada: Dra. Aga

Você achou esse conteúdo relevante?

Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS