Violência VELADA…

Por  Márcio Leandro Bombardieri

¨ aquele que domina os outros é forte, mas, aquele que domina a si mesmo é poderoso…¨

Não é uma dor física, mas machuca da mesma forma, e deixa marcas profundas na alma.
A violência velada é muitas vezes aquela que vêm em tom de brincadeira, mas pode ser muito mais que isso.
Pode ser, inclusive o ciúme doentiu, uma cobrança excessiva.
Acreditem, ela pode inclusive causar a morte em vida.
Essa violência pode ser disfarçada, direta, ou subliminar. Pode começar de forma suave, devagar até chegar a raíz de sua auto estima e causar danos irreversivéis.
Muitas vezes, começa na infância e persegue vitima e agressor por uma vida toda.
Tem gente que diz: fui criado assim e não morri.
É horrível, mas acontece, tem gente que começa a dizer a bebês ainda, que não têm condições de se defender: ei você é um marginal, marginalzinho, meliante, burro, veadinho, mal educado, nossa como você está sujo hoje, vem aqui porquinho. Pode uma coisa dessas? Pode sim, acontece nas melhores famílias e em todas as classes sociais.
Bem, que triste pra quem cresce escutando esse tipo de coisa. E por ai vai, tem aquela violência quase imperceptível, funciona mais ou menos assim: o sujeito faz com que você pense que não tem condições de ser alguém, ou ele vê potencial em você , mas isso o incomoda.
Daí, acontece algo muito venenoso e manipulador, o sujeito lhe enche de mimos e coisas caras e muito superficiais, tudo pra lhe agradar, é uma forma maquiavélica de tentar te vender a ideia de que você nunca conseguirá possuir algo sem ajuda. Afinal você não tem capacidade pra gerar e conseguir por seus meios tais conquistas, e se não fossem pela ajuda de tal pessoa, você jamais estaria onde esta.


São frases tão lindas, delicadas na verdade: olha eu sou uma pessoa desprendida de bens materiais e você AINDA não está na condição, puxa eu ajudo, isso eu faço por você, não se preocupe dinheiro não é problema, um dia você vai ter também.
Quanta maquiagem pra dizer que a pessoa não confia no teu taco. E inclusive tem medo do seu valor, e de até onde você pode chegar.
Cuidado quando alguém lhe entregar muitas coisas usando essas frases, no momento a tua alegria se expande, mas depois é como um vírus poderoso que ataca o teu desejo de vencer.
Esse vírus, aos poucos  te impede de buscar algo de bom pra ti, pois ganhar da menos trabalho.
Esse vírus faz com que você desenvolva todas as tuas potencialidades para ser um vitimista. Você fica expert em mendigar, fica também oco por dentro.
O pior é que esse vírus deforma também a visualização de teus valores. A futilidade ganha vez , você começa a brigar com tua esposa ou com teu esposo, e por mais que vocês tenham tudo pra ser felizes vocês jamais vão conseguir. Porque quem não gera seu alimento se nutre de um vazio existencial capaz de causar neuroses e levar uma pessoa a um estado de dor incontrolável.
E , alimenta aquele que te manipula também. É um círculo vicioso.
CUIDE-SE
VALE A PENA VIVER SEM VIOLÊNCIA. EXISTE UM MUNDO SEM VÍTIMA E SEM AGRESSOR.
SÓ EXISTE O VITIMISMO, PORQUE ALGUÉM O ALIMENTA.

Fonte indicada: Márcio Leandro Bombardieri

Imagem de capa: Alexander Lukatskiy/shutterstock

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



CONTI outra

As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.


COMENTÁRIOS