ParadoXos: uma “eternidade provisória”

Por Nara Rúbia Ribeiro

A concretude da poesia é um paradoxo. A sua essencialidade, também. Sabedor disso, Heduardo Kiesse fez de sua página no Facebook, ParadoXos, o retrato de sua “eternidade provisória”, inserindo a palavra escrita em universos inusitados: pedra, giz, parede; o próprio chão pode ser substrato da poesia.

Kiesse nasceu em Angola, frequentou a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, é licenciado em Filosofia pela mesma Universidade e vive em Lisboa. Dedica-se à poesia visual desde 2007 e já rea­li­zou algumas exposições em Portugal

A forma com que brinca com a palavra, com que a recria  de modo extraordinário, inovador, tem conquistado centenas de leitores a cada dia.

A sua sensibilidade faz ponte entre a abstração de nossas almas aladas e a concretude, a contundência seca, sólida e caótica que cotidianamente nos circunda.

Talvez o seu maior trunfo seja mostrar que a poesia pode sobreviver em meio à precariedade da vida. Assim como aos olhos do poeta a poesia pode nascer dos lamaçais mais lodosos, das pedras ou das eras sombrias, a poesia de Kiesse, em ParadoXos, surge na fotografia flagrada da palavra pousada onde tudo é nada.

E o nosso coração dispara, sem saber explicar o porquê…

546985_556900637697955_1910031286_n

1380507_756155194439164_1094749238375945965_n

615061_632848993436452_1528792587_o

10751634_815660268494264_1154883338_n

887024_578510905536928_2000913823_o

901737_603422806379071_116248012_o

980625_661326517255366_270963423156239903_o

1052567_613019442086074_941999044_o

1175352_548730348514984_230773495_n

1236090_548729471848405_444007385_n

1236238_548728848515134_981474612_n

1381572_563595767028442_876699638_n

1412207_576089815779037_625481996_o

1501438_722991654422185_859982804848166822_o

1900036_752823638105653_2246013370357719047_n

10003950_1417014135224473_1282775038_n

10014356_662892903765394_4096917183629561148_o

10320575_675890992465585_6737785168057090461_n

10383642_747633108624706_6578862795615129533_n

10384115_750913534944413_5272015479254899824_n

10549286_734061156648568_8255070598149397475_o

10610504_554664931330274_6167132732097352277_n

10630702_749543541766996_2878904782456052856_o

António Lobo Antunes

tumblr_ldv1xrjezW1qeqjog

+ Paradoxos

Nota da CONTIoutra: as imagens acima foram selecionadas e replicadas com a autorização e reconhecimento de Paradoxos.

Nara Rúbia Ribeiro: colunista CONTI outra

10375991_704688386255695_1410672344130654829_n

Escritora, advogada e professora universitária.
Administradora da página oficial do escritor moçambicano Mia Couto.
No Facebook: Escritos de Nara Rúbia Ribeiro
Mia Couto oficial

Isso é cultura! Compartilhe!

COMPARTILHE
Nara Rúbia Ribeiro
Escritora, advogada e professora universitária.



COMENTÁRIOS