Oração de amor por uma semana de paz a todos.

Vem, segunda-feira! Vem forte, clara, longa, cheia, bela, valente. Chega trazendo um caminhão de trabalho que acelere corajoso e se adiante por estradas novas e caminhos de sol generoso.

Tem a bondade de entrar e ficar à vontade, dona semana menina. Cá estamos, agradecidos pelo domingo, à espera dos outros dias de tua ordem. Que teus dias úteis nos sejam produtivos tanto quanto nos empenharmos em servir e ajudar.

Seremos gratos por cada instante de tensão e todo minuto de conversa leve no corre-corre. Que em tua sequência de acontecimentos não faltem um banho morno de poder curativo, uma notícia alegre, um sonho bom que nos massageie durante o sono de um dia para o outro todos os nossos músculos. Que tuas manhãs, tuas tardes e tuas noites nos tragam a calma, a esperança e a alegria no trabalho, desatando juntas cada um de nossos nós.

Vem, semana que nasce. Abre portas em tuas horas para que os amantes encontrem tempo de passear de mãos dadas. E que ao passarem defronte às construções, despertem a atenção dos serventes de pedreiro. Calmos, os operários os olharão com entusiasmo, não com inveja, mas com admiração respeitosa. E baterão palmas e assoviarão e farão festa de comentar em casa, à noite, com a esposa. “Você não sabe! Hoje eu vi um casal passeando de mãos dadas e lembrei do nosso começo de namoro.”

Entra, semana moça. Revela novos entusiasmos em nossas rotinas, como cacos de vidro desenterrados no quintal da infância. Abre novas esperanças entre um dia e outro, tal e qual capim nascendo nos vãos dos paralelepípedos da rua.

Sê gentil e leve quando possas. E que em tua sexta-feira, à noitinha, quando todos começarmos a tirar o pé devagar do acelerador, prontos para respirar fundo e abraçar o remanso, que por um breve instante sintamos aqui dentro uma singela nostalgia da semana que chega ao fim. Um sopro de saudade da segunda-feira passada, das vozes sobrepostas da terça, da reunião da quarta, do almoço da quinta, da correria, dos risos e choros, das angústias e esperanças e de tudo o que de bom nos ofereceste, semana abençoada, para que em teu sábado estejamos inteiros, sãos, agradecidos e em paz, prontos a começar tudo de novo na semana seguinte.

Amém!!

COMPARTILHE
André J. Gomes
Jornalista de formação, publicitário de ofício, professor por desafio e escritor por amor à causa.



COMENTÁRIOS