Ninguém acorda apaixonado todos os dias

Imagem de capa: Antonio Guillem/shutterstock

Para os dias “não”, a alternativa é pedir espaço. Não há cobrança que funcione, nem truque ou maquiagem. Tem aquele dia que nada impressiona e tudo o que a gente não quer é cobrança.

Todo mundo sofre de enjoos passageiros, de gente, de cheiro, de carinho, de carência.

Enjoo que vem e vai, normal. Naquele dia em que nem a voz está soando bem, melhor segurar a onda e esperar passar. Porque passa. Se deixar passar, passa. Se cobrar, desesperar, entrar em pânico, cria-se justificativa para não passar.

Ninguém acorda apaixonado todos os dias. Há o dia seco, aquele dia que começa com um ponto de interrogação e passa inteiro entre reticências. O dia das catarses, das perguntas, das incertezas. O dia que desestabiliza quem compartilha a rotina, mas que também coloca um tijolo a mais na construção de um sentimento maduro. É preciso passar serenamente por esses dias, porque eles sempre virão.

A dúvida é parte de todos. Basta haver uma certeza para aparecer uma dúvida de igual força. Nada é.

Tem gente que esconde bem seus dias não apaixonados. Tem quem demonstre amor em dobro, por culpa, medo ou remorso. Mas tem quem sirva a questão na mesa e queira a participação conjunta. Tem quem logo acredite ser para sempre. E tem quem espere pacientemente o próximo suspiro.

Quem assiste, sofre. Quem acordou apaixonado, se ressente. Mas é preciso respeitar a vez de cada um. Eu costumo dizer que gosto da verdade, mas inúmeras vezes não soube o que fazer com ela.

Quem me dera houvesse esperado um pouco mais para cavucar, interpretar e concluir as verdades que tanto persegui. Por vezes, foram somente os dias “não”. E ninguém acreditaria no tamanho e profundidade da história que consegui criar, depois que arranquei a verdade daquele dia. Perdi as contas das vezes que fui ao purgatório e voltei, magoada e envergonhada.

Conviver é um exercício não repetitivo e inconstante. É preciso praticar, mas as novidades irão aparecer e nos cobrar adaptação. Um dia mais frio pode ser só um, um inverno inteiro, ou uma dica para se buscar lugares mais quentes e confortáveis.

Não há garantias. Só funciona enquanto for bom para as partes. Ninguém acordará apaixonado todos os dias e a regra vale para todo mundo!

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



Emilia Freire
Administradora, dona de casa e da própria vida, gateira, escreve com muito prazer e pretende somente se (des)cobrir com palavras. As ditas, as escritas, as cantadas e até as caladas.

COMENTÁRIOS