Não deixe a vida para mais tarde

Eu sei que você fica com preguiça. Também fico. Mas não adie a vida. Não deixe para mais tarde os amores, os amigos e todas as outras pessoas que são importantes para você. Viver é um ato urgente que não pode ser deixado para depois.

Ninguém sabe quando tudo pode acabar. Então, por que ficar enrolando? Vai lá e vive. Abrace mais, converse mais, esteja mais. Aceite oportunidades, faça novas escolhas, mude sentimentos. Não atrase o amor próprio. Não adiante o desapego. Tudo o que você puder passar para crescer e aprender mais sobre você e sobre a vida, entregue-se. Não tenha medo. Não desista facilmente. Dê o seu melhor.

Esqueça a parte do “se o outro não faz, por que devo?”. Não carregue mágoas e invejas. É importante vestir leveza desde o primeiro instante do dia. Mesmo sendo difícil muitas e muitas vezes, reaprenda como transformar quedas e decepções em algo positivo. Resiliência é saber preencher as próprias lacunas.

Anda, levanta esse sorriso. Busque novos você. Apare os momentos ruins e traga para perto coisas boas. Uma nova chance, um novo amor, um novo trabalho, uma nova amizade, não importa. Continue insistindo e possibilitando recomeços internos. Quando estiver pronto (a), compartilhe com quem te faz bem. Tenha coragem e honestidade do coração para fora. Não minta, não faça pouco e não se esconda de ser alguém melhor. Você consegue isso, tenho certeza.

Eu sei que dá uma baita preguiça, que cansa e que nem sempre o retorno é garantido. Mas a vida é essa dança silenciosa, onde vamos encaixando trilhas e mais trilhas para embalar os nossos passos. Não deixe de dançar, ainda que na solidão da própria companhia. Apenas viva, promete? Não deixe a vida para mais tarde.

Imagem de capa: Rawpixel.com, Shutterstock

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



Guilherme Moreira Jr.
"Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro"

COMENTÁRIOS