Mãe, uma declamação emocionada de Rolando Boldrin

No coração de um homem simples, não raro, também mora a poesia. Ela nada tem da erudição, mas de uma profunda e serena sintonia com o mundo e com os sentimentos que o permeiam.

Assista, na voz desse grande nome da Cultura brasileira: Rolando Boldrin, à declamação do poema “Mãe”.

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS