Já ficou doente depois de um período de grande stress? A ciência explica

Alguma vez se perguntou como consegue lidar com o stress de um prazo apertado de entrega de um trabalho, um período de exames, ou a doença de um familiar, mas depois fica doente quando o stress já passou?

Não é um acaso. Trata-se uma espécie de “efeito do relaxamento”, que leva as pessoas a desenvolverem um padrão de doença depois de o stress já se ter dissipado, ao invés de durante o período de maior stress, conforme explica o psicólogo Marc Schoen, professor assistente de Medicina na Universidade da Califórnia, Los Angeles, EUA.

Num estudo de 2014, investigadores da Albert Einstein College of Medicine, Nova Iorque, controlaram diariamente os sintomas e padrões de stress de pessoas que sofriam constantemente de enxaquecas, durante três meses. Os níveis de stress dos participantes não tiveram impacto nas enxaquecas, mas havia uma relação entre a diminuição do stress de uma noite para a outra e o aumento da enxaqueca nas 6 a 18 horas seguintes.

O efeito do relaxamento pode desencadear também sinais de asma, doenças autoimunes, problemas digestivos ede pele, explica Schoen.

“Stress emocional e stress físico têm a mesma resposta inflamatória, o que abre a porta para a doença. Depois do stress passar, há uma regulação do sistema imunitário (…) como uma reação para aliviar o stress”, acrescenta.

Fonte indicada: Visão

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS