Desapegue-se dessas 15 coisas e viva muito melhor

A felicidade é um estado de espírito.

Pessoas verdadeiramente felizes mantém uma atitude positiva, mesmo diante de aspectos negativos na vida. 

Essas pessoas estão otimistas, procuram viver de forma ética e valorizam a integridade.

Elas são gentis, amorosas, carinhosas e compassivas com todos, sem discriminações. 

Quando você olha para elas, você perceber como, de maneira confiante e à vontade, elas são simplesmente quem elas são. 

O que as mantém positivas e cheias de uma disposição é que existem coisas a que as pessoas mais felizes simplesmente NÃO SE APEGAM.

Abaixo veja a lista das coisas com o que você definitivamente NÃO DEVE se preocupar para ter uma vida muito mais feliz.

1. As pessoas mais felizes não têm sua vida centrada na acumulação de bens materiais.

É evidente que os bens materiais são importantes para uma vida digna. Possuir uma casa para morar, ter um carro ou mesmo um dinheiro no banco não só é bom como pode ser muito importante em muitos momentos.  Entretanto, as pessoas mais felizes sabem que, uma vez que suas necessidades mais básicas estão sanadas, ter dinheiro ou mesmo sucesso não garante a felicidade de ninguém. Elas estão mais interessadas ​​em usar seus recursos para agregar valor à vida das pessoas e a viver uma vida decente, mesmo que modesta. Se o dinheiro continua chegando e for fruto do que fazem, é claro que ficarão felizes, mas se o dinheiro não for tão abundante, elas não deixam de enxergar possibilidades e alegria na vida.

2. As pessoas mais felizes são aquelas que dão sem esperar receber em troca.

Todo mundo gosta de um presente ou mesmo de uma surpresa inesperada, no entanto, enquanto muitos anseiam por elogios e recompensas, as pessoas verdadeiramente felizes encontram realização pessoal ao servir e ajudar aos outros sem esperar nada em troca. Para essas pessoas a recompensa é saber que elas têm valor acrescentado e enriquecido a vida de alguém.

3. Elas não se comportam de acordo com as expectativas da sociedade.

Rotineiramente, mesmo que sem ter plena consciência disso, as pessoas vivem sob pressão para atender às expectativas da sociedade, o que é muitas vezes estressante e avassalador para o bem estar geral. As pessoas com quem você anda, trabalha e até mesmo se casa são muitas vezes escolhidas para atender às expectativas externas.  Entretanto, fazer escolhas baseadas em demandas dos outros está longe de ser uma boa receita para felicidade. As pessoas que vivem mais  felizes não se importam com isso. Elas olham muito mais para dentro de si mesmas ao fazer suas escolhas. Elas seguem o que mandam seus corações.

4. Elas não cultivam preconceitos de qualquer espécie.

Algumas pessoas possuem noções preconceituosas sobre culturas diferentes, outros grupos sociais, religião, raça… As pessoas que vivem melhor e são mais felizes não se importam com nada disso. Quem vive bem consigo mesmo observa o outro e o conhece  “por quem ele é” , nunca baseado em fatores que agrupam e segregam pessoas segundo grupos ou raças diferentes.

5. Elas não se importam com a aprovação de quem está por perto para tomar as atitudes que julgam corretas

Pessoas que são mais felizes realmente não se importam com o que você pensa delas. Elas ouvem e consideram o que os outros têm a dizer, mas não tomam uma atitude para conseguir a aprovação de ninguém. Elas sabem que, se você viver para a aprovação das pessoas, você vai morrer devido a rejeição que receber. Pessoas mais felizes fazem o que precisa ser feito e nunca deixam pessimistas desencorajá-las.

6. Elas não se importam quando percebem que erraram. Sabem que não têm que estar sempre com a razão.

O ser humano é falho, erra, conserta, cai, levanta e prossegue. Ninguém sabe tudo e tem todas as respostas na vida. É justamente quando aceitamos que estamos errados que abrimos portas para aprender o que é certo.

7. Eles não se importam com ambientes improdutivos.

Pessoas mais felizes evitam os ambientes onde se sentem mais estressadas como lugares muito ruidosos,  sujos e poluídos. Em vez disso, as pessoas verdadeiramente felizes valorizam e protegem os ambientes que promovem sensações agradáveis, como parques.

8. Elas não estão “nem aí” para comparações sociais.

As pessoas que vivem mais felizes não têm nenhuma necessidade de se comparar aos outros. Elas podem aprender o que os outros fazem melhor do que elas para também crescer, mas o seu foco está em seu próprio progresso. Elas sabem que o crescimento pessoal é algo construído e por isso não precisam da inveja, do ressentimento ou mesmo de sentimentos doentios de superioridade frente aos outros.

DESAPEGO

9. Elas não perdem tempo se intrometendo na vida dos outros.

As pessoas que vivem mais felizes podem até ajudar ou dar sua opinião se forem solicitadas, mas elas farão de tudo para não interferir nas decisões pessoais dos outros.

10. Elas ignoram fofocas.

Quem vive bem não precisa se preocupar com a opinião dos outros, mesmo que o que seja dito seja mentira. As pessoas felizes estão satisfeitas com suas próprias vidas e não têm nenhum desejo de se preocupar com o que está acontecendo na vida de outra pessoa. As únicas pessoas que se importam com fofocas são pessoas superficiais e que não acreditam em si mesmas.

11. Elas não cultivam relacionamentos tóxicos.

Não só vícios, abusos físicos e xingamentos, mas também as coisas sutis, como reclamações constantes e mudanças de humor podem arrastar qualquer um para baixo. As pessoas que vivem mais felizes evitam relacionamentos tóxicos. Uma boa receita para viver bem é passar o maior tempo possível perto de pessoas saudáveis ​​e que trazem alegria.

12. Elas não guardam rancor

As pessoas verdadeiramente felizes sabem que sentimentos negativos como o rancor aprisionam e envenenam. Depois de situações ruins, a melhor pedida é seguir em frente.

13. Elas evitam mentiras.

Vidas desmoronam rápido quando são mantidas baseadas em mentiras e enganos. Pessoas verdadeiramente felizes compreendem  esse fato e sabem que é melhor não oferecer nenhuma explicação do que responder a uma situação com mentiras.

14. Elas não perdem tempo reclamando.

As queixas são os frutos de uma vida descontente. Pessoas felizes são simplesmente gratos por aquilo que têm e mantém esperança  no que virá, mesmo quando as coisas não estão indo bem seu caminho.

15. Elas são avessas à vingança

Finalmente, se você realmente quiser levar uma vida feliz, você não pode se dar ao luxo de perder tempo com vinganças. Pessoas felizes deixam essa área por conta do destino. Elas sabem que existem lugares muito melhores para canalizar suas energias.

Lembre-se …

A vida nem sempre é um mar de rosas. Às vezes as coisas não saem do seu jeito e ninguém é feliz 24 horas por dia. Entretanto, viver bem envolve escolhas muito mais ligadas a comportamentos positivos e com encaramos o hoje.  A vida é assim, opte por vivê-la da melhor maneira possível.

Por David K. William, via: Life Hack

Traduzido e ADAPTADO por Josie Conti

Do original: 15 Things Truly Happy People Don’t Care For.

Você achou esse conteúdo relevante? Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS