Dez vantagens grisalhas

1- 
Você não precisa mais ouvir: Aproveite o momento, pois a juventude passa rápido. Ela já passou inteira para você. Agora, você pode atualizar suas aventuras em Trancoso, Cuzco, Canoa Quebrada pregando fotos na parede do seu quarto.

2- Você sorri quando ouve o cara de 40 anos dizer que está envelhecendo. Pensa: Ele não tem a mínima noção do que é ficar velho. Mas não adianta contar para ele. Não precisa pressa, ele vai aprender.

3- 
Você entra no metrô cheio e tem uma cadeirinha te esperando. Então você pode, sentada, olhar os outros correrem. Correria para você é perda de tempo. Você compreendeu que o melhor sempre alcançamos devagar.

4- Quando jovem você sentia um certo constrangimento de dormir no meio de um filme. Agora você sabe que há filmes que merecem mais do que seu sono. Merecem seu ronco.

5- A pergunta O que vão pensar de mim? Vai definhando em importância. Relevante é o que você pensa sobre você. Os anos fizeram você enxergar que o eu interior é impenetrável e intransferível.

6- Você não tem medo das pedrinhas no caminho do cotidiano. Pois tropeçou muitíssimo. Não tem medo de perder trem, avião, festa. Você já perdeu pessoas muito amadas. Daí, por que se aborrecer com miudezas?

7- Os novinhos supõem que você tem experiência. Mas também acreditam que se o mundo mudou, certamente você está antiquada. Você não fica com raiva, porque lembra que cometeu igual engano em relação ao seu avô e a sua avó.

8-Você desiste de assistir a propagandas na tv. Só aparecem jovens viajando, bebendo cerveja, dirigindo carros, contratando operadoras de celulares. Apesar de você ter mais dinheiro do que eles, nenhuma empresa quer te seduzir.

9- Você também não precisa mais brincar de seduzir. Sabe que a sedução é um jogo como tantos outros. Já jogou tanto que os dados viciaram. Hoje, está mais interessada na sinceridade, mesmo quando ela se volta contra você.

10- O único que você não se acostuma é com a invisibilidade. Algumas vezes, as pessoas nem veem você. Mas, parando para observar, até nisso há uma vantagem. Você pode derramar algumas lágrimas que o estranho ao seu lado nem vai notar. Também pode rir alto e ninguém vai ligar.

COMPARTILHE
Fernanda Pompeu
Fernanda Pompeu é escritora especializada na produção de textos para a internet. Seu gênero preferencial é a crônica. Ela também ministra aulas, palestras e workshops de escrita criativa e aplicada. Está muito entusiasmada em participar do CONTI outra, artes e afins.



COMENTÁRIOS