6 características do sistema de ensino finlandês que fazem toda a diferença

Quando falamos em educação de qualidade imediatamente nos lembramos dos países nórdicos. Nos últimos anos, cada vez mais, exemplos de sucesso são listados.

Abaixo, seguem 6 pontos destacados pelo jornalista Paulo Nogueira. Para quem quiser saber mais sobre o assunto, o link para matéria completa consta no final.

1)Todas as crianças têm direito ao mesmo ensino. Não importa se é o filho do premiê ou do porteiro.

2)Todas as escolas são públicas, e oferecem, além do ensino, serviços médicos e dentários, e também comida.

3) Os professores são extraídos dos 10% mais bem colocados entre os graduados.

4) As crianças têm um professor particular disponível para casos em que necessitem de reforço.

5) Nos primeiros anos de aprendizado, as crianças não são submetidas a nenhum teste.

6) Os alunos são instados a falar mais que os professores nas salas de aula. (Nos Estados Unidos, uma pesquisa mostrou que 85% do tempo numa sala é o professor que fala.)

Os tópicos listados acima são parte da matéria: Por que o sistema de educação da Finlândia é tão reverenciado

Imagem de capa:  Michal Knitl/shutterstock

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos.

COMENTÁRIOS