6 maneiras de treinar a mente para acelerar seu aprendizado

Veja 6 maneiras de turbinar seu cérebro para aprender mais rápido.

Aprender um novo idioma, assim como aprender qualquer conteúdo para ser aplicado na área profissional, requer uma boa dose de esforços, além de ser algo que atingirá seu pico, em geral, a longo prazo. O problema é que muita gente vai levando com a barriga e leva anos ou até décadas para poder entender algo em sua total plenitude. Enquanto isso, outros estudam diferentes coisas em paralelo e sentem a necessidade de tornar o estudo mais produtivo para poder aprender e, ao mesmo tempo, desfrutar de outros estudos em paralelo.

O fato é que o aprendizado não depende só da didática e do professor. Quem tem pensamentos mais claros e consegue garantir um melhor desempenho nos estudos tende a economizar tempo e aprender o conteúdo muito mais rapidamente, mas nem todos nascem com o cérebro turbinado e, para essa finalidade, já existem várias técnicas que o aluno pode utilizar para turbinar seu cérebro. Quer saber como? Veja as dicas que separamos a seguir.

Antes de pular para as dicas, uma ótima alternativa para turbinar o cérebro é estudar idiomas, o que já pode ser feito pela internet (https://preply.com/pt/), através das plataformas online, que oferecem aulas de inglês para São Paulo, Rio de Janeiro e demais estados.

  1. Aprenda coisas novas

Aprender coisas novas ajuda você a conhecer, reconhecer, lembrar e exercitar o que já aprendeu. Esse ciclo cria estímulos positivos para o cérebro e estimula a desenvolver novos interesses. Você pode, por exemplo, aprender a tocar instrumentos musicais, aprender uma nova língua – ou uma terceira língua – e mergulhar em jogos de raciocínio, como o xadrez.

  1. Exercite-se físico e mentalmente

A pessoa que vive de forma sedentária estimula o cérebro a viver da mesma forma e esse é um processo natural. E isso não é nenhuma novidade. O corpo precisa trabalhar em conjunto com o cérebro e vice-versa e, por isso, exercícios são importantes para manter o corpo saudável e as células nervosas ativas, o que influencia na concentração e no próprio humor.

contioutra.com1

  1. Alimente-se de forma saudável

Se você se alimenta de coisas hipercalóricas e está acima do peso, sua respiração é afetada e, com ela, sua concentração vai parar em Marte. Além disso, se o corpo não recebe todos os nutrientes de uma alimentação saudável, seus órgãos não funcionam bem e você não ajuda o cérebro a produzir substâncias benéficas que contribuirão para um bom raciocínio.

  1. Faça algo repetidamente

Quando fazemos algo várias vezes, nosso cérebro começa a criar mecanismos para realizar essa tarefa de forma mais prática. Lembre-se de quando você ainda era um bebê e estava aprendendo a comer usando o garfo? Você só conseguiu desenvolver a capacidade de segurar o garfo e manuseá-lo com perícia graças à repetição constante da ação.

  1. Estimule sua memória

É extremamente importante criar desafios para si mesmo se você quiser desenvolver sua memória e isso pode ser feito através de jogos de memória, testes ou conversando com uma outra pessoa e abordando diferentes tópicos. Forçar a mente a guardar detalhes também ajuda no processo de aprendizagem e facilita a absorção visual de todo o conteúdo.

  1. Faça pausas para esquecer-se de tudo

Estudar e preparar-se para uma vida profissional é importante, mas mais importante do que isso é dedicar-se a si mesmo e a quem você ama ou gosta. Quem passa o dia todo estudando e não dá uma pausa para sair com quem gosta ou fazer o que lhe deixa feliz, tende, cedo ou tarde, a ter recaídas. O cérebro não aguenta ficar 24 horas estudando e há momentos em que é necessário esquecer-se de tudo e deixar o cérebro repousar para recarregar as energias.

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS