5 tipos de empatas…será que você se enquadra em algum?

O que é empatia?

A empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro. Ela é perceptível através dos sentidos que captam mudanças energéticas das pessoas- ou mesmo do ambiente- e pode acontecer de forma consciente ou não.

Você já sentiu a necessidade de deixar um local porque ele causava mal-estar?

Cada um possui um lado de si mais que é mais apto para identificar a energia circundante. Enquanto alguns a percebem diretamente nas relações, outros podem vivenciar a energia de um ambiente.

Há também os que podem sentir o adoecimento de alguém e até adoecer junto com a pessoa.

Uma coisa, entretanto, é comum: ser empata é um dom que cobra um preço e pode ser algo muito desgastante e o conhecimento é um grande passo para lidar melhor com todas as situações.

A CONTI outra apresenta uma pequena lista de canais pelos quais a empatia pode se fazer presente e afetar as pessoas que carregam consigo esse poderoso dom. Será que você carrega consigo essa habilidade?

Conheça os 5 tipos mais comuns de empatas:

1. Empatas emocionais.

É a mais comum, embora não seja a menos importante.  Ela acontece quando a pessoa é capaz de sentir, identificar-se e envolver-se com as pessoas que estão próximas. Esse é um dom valiosíssimo, pois é um dos maiores ingredientes da evolução da humanidade. Ser um empata emocional amplia a percepção dos laços humanos, enriquece, alimenta, mas também pode drenar e deixar a pessoa exaurida.

É necessário que o empata emocional perceba seu dom e aprenda a conviver com ele para que saiba identificar quando sua percepção está mais aflorada, entenda os momentos de impor limites e afaste-se  para recarregar suas energias (entenda como fazê-lo).

princess_light

2. Empatas medicinais.

Feiticeiros, curandeiros, xamãs, massagistas,  praticantes do Reiki e acupunturistas são só alguns exemplos de pessoas que podem trazer em si a capacidade de captar e trabalhar a energia corporal.

Nem sempre os profissionais mencionados acima possuem a consciência do que fazem, entretanto, eles sentem fisicamente as mudanças de energia que afetam seus humores e podem consumir suas energias.

Um risco de quem possui esse dom é absorver e reproduzir os sintomas de outras pessoas.

É necessário que exista a consciência desse dom para que o profissional aprenda a fortalecer seu próprio campo energético, desligue-se e não desenvolva sequelas por conta de sua prática.

5d5639c40162adcd12e0c63c87e722f5

 

3- Empatas que sentem o ambiente

Se você chega em locais diferentes e, imediatamente, se sente muito bem ou, pelo contrário, sente-se mal, você pode ser um empata que capta as energias do ambiente. Pessoas com esse dom mais desenvolvido chegam a sentir calafrios, ânsia de vômito ou mesmo uma necessidade incontrolável de deixar um local, mesmo sem saber o motivo.

gallery_background

4- Empatas mentais

Se você possuir este dom, então você vai explorar os pensamentos e perspectivas daqueles que estão ao seu redor. Isso pode acontecer em qualquer relação e permite  a ampliação da consciência e a absorção de diferentes pontos de vista.

Empatas mentais podem ser excelentes profissionais de criação. No entanto, se o local estiver repleto de pessoas que carregam consigo pensamentos negativos, esse empata terá dificuldade em manter sua vibração em alta.

140100-aleni

5- Empatas ambientais

É um dos tipos mais raros de empatia. As pessoas que carregam esse dom sentem os chamados da Terra. Eles são invadidos por grande tristeza ao ver como o homem maltrata o planeta e sentem as transições do planeta

São também pessoas fortemente atraídas por animais, vida no campo e água. Prezam pela preservação do natural. Muitos são vegetarianos.

Podem ser pessoas ligadas à causas e grupos que visam o bem estar do ambiente. Acreditam na mudança e lutam por ela.

art-gallery-josephine-wall-paintings-565-14

Lembre-se que não existe como nos livrarmos de um dom. É necessário reconhecê-lo e respeitá-lo. As pessoas que o cultivam positivamente são mais felizes e desenvolvem seu caminho terreno em um processo de constante evolução espiritual.

Todas as imagens são de Josephine Wall

Leia também: 7 dicas para não absorver a “energia negativa” de outras pessoas

Editorial: Conti outra

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS