30 fotos espetaculares da aurora boreal

A aurora boreal é um fenômeno realmente fascinante de se ver. Múltiplos formatos de cores diferentes dançam pelo céu e nos presenteiam aqui embaixo com visões extraordinárias.

Ao pintarem os céus de cores do verde ao roxo, as luzes da aurora boreal revelam retratos mágicos incríveis que hipnotizam e encantam.

A origem histórica da aurora boreal não chega a ser um mistério. Sabe-se que, por milênios, essas luzes têm sido fontes de especulação. Pinturas rupestres na França datadas de 30.000 anos atrás já continham ilustrações desse fenômeno.

Em tempos mais supersticiosos, as luzes do norte eram pensadas como sendo prenúncios de guerra ou destruição, antes de as pessoas entenderem o que lhes causa. Muitos filósofos clássicos, incluindo Aristóteles, Descartes, Halley e Goethe, além de vários outros autores e astrônomos referem-se as luzes da aurora boreal em seus trabalhos como inspiração.

Em meados de 1616, Galileu Galilei usou o nome “aurora boreal” para descrever esse fenômeno, tomando emprestado o nome da deusa romana mítica do amanhecer, Aurora, e o nome do deus grego para os ventos do norte, Boreas.

Toda vez que as partículas solares eletricamente carregadas entram na atmosfera, é possível ver esse fenômeno, que acontece em regiões próximas ao círculo polar ártico: Islândia, Noruega, Groenlândia, Estônia, Alasca, Rússia, Canadá e Finlândia.

A melhor época para observar a aurora boreal é no inverno, quando as noites são mais longas. No extremo hemisfério norte, a estação mais fria do ano dura quase o dobro do que os três meses habituais.

Viajantes do mundo inteiro compartilham o desejo de ver de perto essa maravilha natural. Porém, visitar os países nórdicos em busca das auroras boreais não é um empreendimento fácil. Devido à baixíssima temperatura, as vias de acesso são restritas e limitadas, e a câmera fotográfica (ou o celular) pode facilmente se congelar durante o caminho. É preciso aguardar os momentos certos para se tirar uma fotografia nítida, o que pode demorar horas ou dias a fio. Mas quem teve essa experiência costuma dizer que é um sacrifício compensatório.

Registros fotográficos da aurora boreal não faltam. A seguir, seguem 30 das mais espetaculares fotos desse fenômeno único:

aurora boreal_1 aurora boreal_30

aurora boreal_28 aurora boreal_27 aurora boreal_26 aurora boreal_25 aurora boreal_23 aurora boreal_22 aurora boreal_21 aurora boreal_20 aurora boreal_19 aurora boreal_18 aurora boreal_17 aurora boreal_16 aurora boreal_15 aurora boreal_14 aurora boreal_13 aurora boreal_12 aurora boreal_11 aurora boreal_10 aurora boreal_9 aurora boreal_8 aurora boreal_7 aurora boreal_6 aurora boreal_5 aurora boreal_4 aurora boreal_3 aurora boreal_2

COMPARTILHE
Eduardo Ruano
Escritor e redator por hobbie e profissão. Me considero uma pessoa racional, analítica, curiosa, imaginativa e em constante transformação. Gosto de ler, escrever, correr, assistir séries, beber e viajar com os amigos. Estudioso de psicologia, filosofia e comportamento humano. Também sou interessado em arte, literatura, cultura e ciências sociais. Odeio burocracias, formalismos e convenções. Amo pessoas excêntricas, autênticas e um pouco loucas, até certo ponto. Estou sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras.



COMENTÁRIOS