12 coisas que só quem viaja sozinho vai entender

Por YASSINE LAAROUSSI

Por mais que nossa fantasia possa dizer o contrário, onde quer que estejamos, sempre levaremos conosco nossas inquietações,dúvidas e sentimentos. Afinal de contas, esse conjunto de maneiras de pensar e sentir são frutos de nossa história e definem quem nós somos.

Entretanto, ter a oportunidade de viajar sozinho é a melhor maneira de sair da sua concha e desfrutar de total liberdade. Viajantes solitários veem o mundo de uma maneira diferente, porque eles experimentam a vida de um ângulo que poucas outras pessoas conseguem ver.

Muitas pessoas adoram a ideia de viajar o mundo, mas elas nunca arrumam coragem para ir embora. Porque elas não têm amigos que compartilhem de  seu  intenso desejo de sair e ver o mundo, elas postergam a viagem para algum outro tempo quanto isso será mais adequado em suas vidas. Sempre que a perspectiva de viajar sozinho atravessa sua mente, no entanto, elas acham que não podem fazer nada, pois imaginam uma jornada solitária. Na verdade, elas não poderia estar mais erradas!

 Aqui estão 13 fatos impressionantes que apenas quem já viajou sozinho vai entender.

1. Eles sabem que nunca é o momento perfeito para viajar

Sempre existirão circunstâncias pelo caminho, sempre haverá contas a pagar, nunca haverá dinheiro suficiente ou bastante planejamento feito. Sempre haverá apenas desculpas suficientes me impedindo de fazer o que eu mais desejo na vida, que é uma viagem pelo mundo, portanto, a questão está mais ligada a decisão que ao momento perfeito.

2. Eles nunca culpam os outros por  suas situações infelizes

Eu perdi reservas de voos várias vezes. Cheguei a ir para o aeroporto e descobrir que estava uma semana, até um mês, adiantada para outros voos.  Outras vezes, perdi todo o meu dinheiro depois de um roubo ou um golpe, mas não havia ninguém para culpar. Em tais situações ruins em que você tem que assumir a responsabilidade por seus próprios erros você aprende com eles e ir em frente com sua vida  e a lidar com o inesperado.

3.Eles são livres como os pássaros

Você é o capitão do barco, você é seu próprio guia, seu próprio patrão.Toda decisão que você faz é sua assim como as consequências dela. Você está dirigindo o carro e todos os caminhos estão abertos. Há infinitas possibilidades e inúmeras chances de criar qualidades de liderança e responsabilidade em si mesmo. Não é por isso que você escolheu ser livre em primeiro lugar?

4. Eles não procuram segurança, eles procuram a aventura

Quando você viaja e está em um país estrangeiro, você sai da caixa em que você viveu toda a sua vida. Você sai da sua zona de conforto, você tenta coisas novas, e você contempla sua nova vida cheia de mágica e possibilidades. Fazer tudo igual a antes não é mais uma opção. 

5. Eles apreciam mais os momentos 

Quando você está na frente de um cenário requintado, no pico de montanha, em uma praia tropical, ou mesmo com alguém especial que conheceu na viagem-  e sabe que, na próxima semana, estará a quilômetros de distância daquele lugar, sem perceber, você passa a dar mais atenção e valor a cada momento que vive. Esse é um aprendizado que pode trazer para toda a vida: Saber que os momentos são finitos e infinitos ao mesmo tempo.

6. Eles se transformam em contadores de histórias impressionantes

A habilidade de contar histórias não é algo nato para todas as pessoas, mas com a prática viajantes individuais começam a narrar suas aventuras e aprendem que os detalhes fazem toda a diferença. Portanto, seus aplicativos de nota são geralmente seus melhores amigo na estrada. Hoje em dia está cada vez mais comum blogs de pessoas que viajam pelo mundo e vão relatando suas façanhas. São os nômades digitais. 

7. Eles fazem da estrada pura diversão

Quando você já tiver viajado por um par de meses, você vai começar a perceber que, se você não se divertir, ninguém vaiNa estrada só fica sozinho se você não fizer qualquer esforço de ligação com os habitantes locais ou outros viajantes.

8. Eles sabem que viajar é um caminho sem volta

Viajantes solitários geralmente tem dificuldade em voltar para casa e colocar um fim à sua longa viagem. Quando eles chegam em casa eles imediatamente começam a planejar sua próxima viagem.

9. Eles têm uma casa em todos os cantos do mundo

O pensamento de ser capaz de viajar a qualquer hora e em qualquer lugar que você deseja e ainda têm um lugar livre para ficar é o que você chama de incrível! Viajar e fazer amigos te deixa mais doce e aberto para construir amizades internacionais.

10. Eles sabem como se esquivar de cada golpe lá fora

As duras lições são os melhores conselhos que quem viaja sozinho pode dar a outras pessoas na estrada ou a seus amigos em casa. Como evitar armadilhas e como tirar o melhor proveito de situações ruins também tornam a viagem mais fácil e agradável.

11. Eles sabem que o destino não importa

É tudo sobre a viagem, os risos, as memórias, a comida, os altos e baixos, a decisão espontânea. Isso é o mais viciante.

12. Eles descobrem um significado inteiramente novo de tempo

tumblr_mrtw1j6hKY1s0pr5fo1_400

O objetivo de uma viagem de longo prazo é ter o tempo para se mover livremente pelo mundo. Nesse percurso você descobre todo um novo conceito de tempo. Um viajante sábio é sempre flexível com datas, nunca estabelece grandes limites para uma viagem ou perde chances de aventuras. Um viajante solitário sábio sempre recomenda que você desacelere.

Uma última nota

Uma viagem pode assumir várias formas e cada pessoa tem o seu estilo favorito. Sozinhos, em pares ou em grupo; de aviões, de carro, de trem, de bicicleta, ou a pé; de mochila, para praticar esportes radicais ou passeios de luxo; para uma escapada de fim de semana da cidade, um longo mês de férias, ou de um ano em todo o mundo. Seja o que for, ela vai te fazer maravilhas. Pouco a pouco, enquanto esse vício de viajar cresce, você vai crescer com ele para se tornar a pessoa que você sempre sonhou que seria.

Traduzido e adaptado do original Life Hack

Por Josie Conti

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS