quinta-feira, 22 agosto , 2019

Geni Guimarães: a poesia a serviço da igualdade

Mãe, mulher, negra, poetisa, defensora da mulher e dos direitos de igualdade a todos os gêneros e raças, Geni representou o Brasil indo a...

Envelhecer, por Albert Camus

Envelhecer é passar da paixão para a compaixão.

Oração do Milho, por Cora Coralina

Oração do MilhoSenhor, nada valho.Sou a planta humilde dos quintais pequenose das lavouras pobres.Meu grão, perdido por acaso,nasce e cresce na terra descuidada.Ponho folhas...

Regulamento (Aos praticantes do sonho), por Heduardo Kiesse

Seja mais sonhamor e menos sonhador (a dor não faz falta. Cria ausências)

Há quem diz que tristeza é dor

Há quem diz que tristeza é dorhá quem ignore na dor a mais dolorosa tristezahá quem confunde tristeza com falta de felicidadee apesar de...

3 inspiradores poemas de Cora Coralina

Cora Coralina nasceu em 20 de agosto de 1889, e morreu na cidade de Goiânia em 10 de abril de 1985.

“Os estatutos do homem” e outros dois poemas profundamente humanistas...

O muro invisívelÉ inútil minha palavras ultrapassarem fronteiras se eu ainda permaneço.Muro invisível existe entre o dizer e o fazer e, talvez, à sua sombra apenas envelheçamos.Jamais saberá a...

Três inesquecíveis poemas de Hilda Hilst

Dez chamamentos ao amigo Se te pareço noturna e imperfeita Olha-me de novo. Porque esta noite Olhei-me a mim, como se tu me olhasses. E era como se...

4 poemas para relembrar Paulo Leminski

Ai daqueles...ai daqueles que se amaram sem nenhuma briga aqueles que deixaram que a mágoa nova virasse a chaga antigaai daqueles que se amaram sem saber que amar é...

Três magníficos poemas de Guimarães Rosa

Mas olhei-te bem nos olhos, belos como o veludo das lagartas verdes, e porque já houvesse lágrimas nos meus olhos, tive pena de ti, de mim, de todos, e me ri

Capulana, um lindo poema da escritora moçambicana Énia Lipanga

CapulanaA semelhança dos teus traços de mamana Que coberta de uma humilde capulana Menina de cores d`Africa Onde os paços que perfumam becos Esbanjam beleza Mucume disfarçado em naturezaCapulana, Enrolando...

Amor pacífico e fecundo, um poema de Rabindranath Tagore

Amor pacífico e fecundo Não quero amor que não saiba dominar-se, desse, como vinho espumante, que parte o copo e se entorna, perdido num instante.Dá-me esse amor fresco e...

“No caminho, com Maiakóvsky”, um poema assustadoramente atual

No caminho, com MaiakóvskyTu sabes, conheces melhor do que eu a velha história. Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim. E não dizemos nada. Na...

Poema em linha reta, de Fernando Pessoa

Fernando Pessoa (Álvaro de Campos)Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco,...