quinta-feira, 22 agosto , 2019

O poema mais compartilhado da semana: Historinha pra ninar gigante

Poetas são criadores de sonhos e tradutores de sentimentos. Através de sua escrita a realidade cruza as barreiras da magia e o encantado torna-se real. Quem,...

E agora José? Carlos Drummond de Andrade na interpretação de Silvio...

Carlos Drummond de Andrade (1902 — 1987) foi um poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX.

Cansaço- por Nara Rúbia Ribeiro

CANSAÇO Deveria haver na vida Um tempo De férias do existir. Assim, Quando o caos das horas Nos visitasse o relógio da alma Uma calma inexistência Nos levaria a paragens Onde todo sonho...

O jacarandá se pintou de azul… (A mais compartilhada da semana...

O jacarandá se pintou de azul para espelhar o céu! O jacarandá sorriu em flor porque já é abril. ...

“Crise”, por Maria Augusta Ribeiro

Crise A face do silêncio é paisagem Arde em branco geada nos telhados Chegam da vida os ecos abortados Musgo rasteiro fino e instalado Há carrilhões soando pelos ares Dão-nos...

“Nu”, um poema de Carlos Lobato

Carlos Lobato, nascido em 1962 em Lisboa, teve o privilégio de fazer farte de uma geração jovem que viveu a transição do antigo regime...

Terminal, por Nara Rúbia Ribeiro

  TERMINAL O passarinho estava ali, sob a mesa há pouco desocupada por um casal desencontrado. Ele ciscava o chão e comia passados. Fagulhas de pão, fragmentos de sonho, restolhos de dor, partículas...

Sem abrigo, por Maria Augusta Ribeiro

Eu conheci Maria Augusta Ribeiro por acaso enquanto comentava um poema de um amigo em comum que temos no Facebook. Logo no início fiquei...

Se quiser namorar-me, por Nara Rúbia Ribeiro

CALMA Se quiser namorar-me, Tenha calma. Traga na alma a lembrança de que sou sonho E não posso ser tocada do nada Ou beijada como se mortal eu fosse. Faça...

“As pessoas sensíveis”- Sophia de Mello Breyner Andresen

Sophia de Mello Breyner Andresen (Porto, 6 de Novembro de 1919 — Lisboa, 2 de Julho de 2004) foi uma das mais importantes poetisas...

Tirinha incrível ilustra poema de Leminski

Paulo Leminski foi um escritor, poeta, crítico literário, tradutor e também professor brasileiro. A tirinha abaixo faz referência ao seguinte poema: "Aqui nessa pedra, alguém sentou para...

“Metade”, poema de Oswaldo Montenegro

E que a minha loucura seja perdoada porque metade de mim é amor e a outra metade também.

“Estou cansado”, um poema de Álvaro de Campos

Álvaro de Campos é um dos heterônimos mais conhecidos, verdadeiro alter ego do escritor português Fernando Pessoa, que fez uma biografia para cada uma...

Sou África…um poema de Énia Lipanga

sou África… de olhos brancos Que sente nos poros A nascença da humanidade Vidas do transacto tempo Que nascem do rio da minha respiração África sou Meu pretérito ferido pela escravidão Meus...