terça-feira, 12 novembro , 2019

O amor antigo- Carlos Drummond de Andrade

Uma homenagem do CONTI outra para Maria Aparecida Cruz Silva, nossa querida leitora. O amor antigo O amor antigo vive de si mesmo, não de cultivo alheio ou...

Uma vida por um beija-flor

Para mim o beija-flor sempre foi sinônimo de encantamento. Quando ele surge é sempre tão rápido, veloz e belo que parece que uma fada...

Os 10 melhores poemas de Florbela Espanca

Fiquei muito animada com o convite da CONTI outra, artes e afins para selecionar os dez melhores poemas de Florbela Espanca. Foi um bom desafio, um pouco difícil porque tive que deixar de fora outras tantas dezenas de poemas que eu amo. E antes de apresentar os escolhidos, gostaria de falar sobre essa grande poeta portuguesa e a minha relação com ela.

Prospecção, um profundo e belo poema de Miguel Torga

Procurar as riquezas dentro em nós: seria este o principal objetivo da Vida? Prospectar-se: seria este o ato de obediência ao "Conhece-te a ti mesmo"? Abaixo,...

“Para sempre”: o poema que Carlos Drummond de Andrade fez para...

Há mais de uma semana tenho visto dezenas de mensagens que homenageiam as mães. Algumas são sinceras, mas a maioria infelizmente é comercial. Abaixo está...

Eu sou do tamanho do que vejo- Alberto Caeiro

Alberto Caeiro foi uma personagem ficcional (heterônimo) criada por Fernando Pessoa, sendo considerado o Mestre Ingenuo dos restantes heterônimos (Álvaro de Campos e Ricardo...

Capulana, um lindo poema da escritora moçambicana Énia Lipanga

Capulana A semelhança dos teus traços de mamana Que coberta de uma humilde capulana Menina de cores d`Africa Onde os paços que perfumam becos Esbanjam beleza Mucume disfarçado em natureza Capulana, Enrolando...

“No caminho, com Maiakóvsky”, um poema assustadoramente atual

No caminho, com Maiakóvsky Tu sabes, conheces melhor do que eu a velha história. Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim. E não dizemos nada. Na...

“Eu não vou perturbar a paz”, um singelo poema de Manoel...

De tarde um homem tem esperanças. Está sozinho, possui um banco. De tarde um homem sorri. Se eu me sentasse a seu lado Saberia de seus mistérios Ouviria até...

Saiba o que acontece em seu cérebro quando você lê poesia

Por Jennifer Delgado Suárez, psicóloga Poesia são dardos em forma de palavras que vão direto para a parte mais emocional do nosso cérebro. Há poemas...

Poema do Milho- Cora Coralina

Poema do Milho Milho . .. Punhado plantado nos quintais. Talhões fechados pelas roças. Entremeado nas lavouras, Baliza marcante nas divisas. Milho verde. Milho seco . Bem granado, cor de ouro. Alvo....

“A felicidade é um estado de alma”: a voz do futuro...

Por María Beatriz Valdívia "A felicidade é um estado de alma. É algo que encontraremos sempre no nosso interior (e poucas vezes no exterior), quando estamos...

“Os estatutos do homem” e outros dois poemas profundamente humanistas...

O muro invisível É inútil minha palavras ultrapassarem fronteiras se eu ainda permaneço. Muro invisível existe entre o dizer e o fazer e, talvez, à sua sombra apenas envelheçamos. Jamais saberá a...

“Todas as Vidas”, um poema de Cora Coralina

Todas as VidasVive dentro de mimuma cabocla velhade mau-olhado,acocorada ao pédo borralho,olhando para o fogo.Benze quebranto.Bota feitiço…Ogum. Orixá.Macumba, terreiro.Ogã, pai-de-santo…Vive dentro de mima lavadeirado...