O poema que Mia Couto escreveu para Manoel de Barros

No Brasil, uma das maiores propagadoras dos textos do escritor moçambicano Mia Couto é Nara Rúbia Ribeiro. Nara, além de advogada, professora e...

MIA COUTO conta do dia em que foi confundido com ator...

MIA COUTO é confundido com ator de filmes de ação. " Um dia destes solicitaram-me que interviesse numa conferência internacional de telecomunicações em Maputo. O...

30 pérolas de Mia Couto, no livro Vozes Anoitecidas

Por Nara Rúbia Ribeiro Para que conheçamos um pouco da luminosidade da obra "Vozes Anoitecidas", de Mia Couto, colhemos e listamos aqui 30 pérolas cujo...

Dez inesquecíveis poemas de Mia Couto

Mia Couto é conhecido internacionalmente por suas extraordinárias histórias. Seus contos e seus romances são lidos em todos os continentes, em línguas, culturas e credos diversificados.

Memória de um amor que nunca foi- Mia Couto

Mia Couto nasceu em 1955, na Beira, Moçambique. É biólogo, jornalista e autor de mais de trinta livros, entre prosa e poesia. Seu romance...

O “May be man”, por Mia Couto

Por Mia Couto Existe o "Yes man". Todos sabem quem é e o mal que causa. Mas existe o May be man. E poucos sabem...

A menina sem palavra, de Mia Couto

A menina não palavreava. Nenhuma vogal lhe saía, seus lábios se ocupavam só em sons que não somavam dois nem quatro.

“A prenda”, uma história encantadora declamada por Mia Couto

A PRENDA O menino recebeu a dádiva. Era o seu dia, assim disseram. Estranhou: os outros dias não eram seus? Se achegou. Espreitou. A oferenda, era coisa nenhuma que nem...

Discurso proferido por Mia Couto ao receber o título Doutor “Honoris...

"Caros amigos, Irei falar sobre a erosão dos valores morais e de como pode um escritor ajudar na reabilitação do tecido moral da sociedade."

A Rosa Caramela, um conto de Mia Couto

Acendemos paixões no rastilho do próprio coração. O que amamos é sempre chuva, entre o voo da nuvem e a prisão do charco. Afinal,...

Mia Couto – Repensar o pensamento

Mia Couto nasceu em 1955, na Beira, Moçambique. É biólogo, jornalista e autor de mais de trinta livros, entre prosa e poesia. Seu romance Terra...

“Inundação”, um conto de Mia Couto

Há um rio que atravessa a casa. Esse rio, dizem, é o tempo. E as lembranças são peixes nadando ao invés da corrente. Acredito,...

O CEGO ESTRELINHO, um conto de Mia Couto

O cego Estrelinho era pessoa de nenhuma vez: sua história poderia ser contada e descontada não fosse seu guia, Gigito Efraim. A mão de...

“A pressa em mostrar que não se é pobre é, em...

"A nossa pobreza não pode ser motivo de ocultação. Quem deve sentir vergonha não é o pobre mas quem cria pobreza."