Para Zygmunt Bauman, a felicidade como motor do pensamento é uma...

Selecionamos, aqui, um trecho do livro "A arte da Vida", do escritor polonês Zygmund Bauman, para que iniciemos a semana refletido acerca da busca...

10 motivos para amar Mia Couto

Por Nara Rúbia Ribeiro e Josie Conti Realizamos uma pergunta aberta aos fãs de Mia Couto nas páginas do Facebook Mia Couto Oficial e CONTI...

ADEUS A MANOEL DE BARROS

Depois de enfrentar sérias complicações de saúde, Manoel de Barros, 97 anos, faleceu hoje (13 de novembro  de 2014) em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

Na manjedoura, por Clarice Lispector

Esta crônica da Clarice Lispector integra seu livro "Para não esquecer'', de 1978. Encontrei uma versão reduzida, publicada em jornal no Natal de 1962.   Um feliz...

“Casas amáveis”, um texto deliciosamente aconchegante de Cecília Meireles.

Vocês me dirão que casas antigas têm ratos, goteiras, portas e janelas empenadas, trincos que não correm, encanamentos que não funcionam. Mas não acontece...

O jardim em frente, por Carlos Drummond de Andrade

Os big shots da empresa estavam reunidos em conferência. Assunto importante, desses que exigem atenção, objetividade. O presidente recomendara: - Não estamos para ninguém. Esta...

Em entrevista de 1959, Bertrand Russell deixa dois recados para humanidade

Bertrand Russell foi um dos mais influentes matemáticos, filósofos e lógicos que viveram no século XX. Político liberal, ativista e um popularizador da filosofia, Russell foi respeitado por inúmeras pessoas...

As mulheres são mais fortes, por José Saramago.

Para começar, gosto das mulheres. Acho que elas são mais fortes, mais sensíveis e que têm mais bom senso que os homens. Nem todas...

Mia Couto: “Há quem tenha medo que o medo acabe”

A fala é de 2011, durante a Conferência do Estoril daquele ano. Em um papo sobre segurança, o escritor moçambicano Mia Couto — um dos meus preferidos e...

Celebração da amizade, por Eduardo Galeano

Juan Gelman me contou que uma senhora brigou a guarda-chuvadas, numa avenida de Paris, contra uma brigada inteira de funcionários municipais. Os funcionários estavam...

Pablo Neruda – su poesia en su propia voz

Obra: Crepusculario. Santiago, Ediciones Claridad, 1923. Veinte poemas de amor y una canción desesperada. Santiago, ditorial Nascimento, 1924. Tentativa del hombre infinito. Santiago, Editorial Nascimento, 1926. Anillos. Santiago,...

Mia Couto – Repensar o pensamento

Mia Couto nasceu em 1955, na Beira, Moçambique. É biólogo, jornalista e autor de mais de trinta livros, entre prosa e poesia. Seu romance Terra...

Furto de flor, uma crônica de Carlos Drummond de Andrade

Furtei uma flor daquele jardim. O porteiro do edifício cochilava, e eu furtei a flor.

LÍNGUA DE BRINCAR: documentário inédito com Manoel de Barros

Uma carta, escrita por Lucia Castello Branco para Manoel de Barros, traça o caminho de uma viagem ao encontro do escritor, percorrendo sobretudo a...