domingo, 20 outubro , 2019

Mia Couto – Repensar o pensamento

Mia Couto nasceu em 1955, na Beira, Moçambique. É biólogo, jornalista e autor de mais de trinta livros, entre prosa e poesia. Seu romance Terra...

LÍNGUA DE BRINCAR: documentário inédito com Manoel de Barros

Uma carta, escrita por Lucia Castello Branco para Manoel de Barros, traça o caminho de uma viagem ao encontro do escritor, percorrendo sobretudo a...

Para que serve a utopia? – Eduardo Galeano

A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos.

A arte de ser feliz, Cecília Meireles

HOUVE um tempo em que a minha janela se abria para um chalé. Na ponta do chalé brilhava um grande ovo de louça azul. Nesse ovo costumava pousar um pombo branco.

Mia Couto: “Há quem tenha medo que o medo acabe”

A fala é de 2011, durante a Conferência do Estoril daquele ano. Em um papo sobre segurança, o escritor moçambicano Mia Couto — um dos meus preferidos e...

“A fábula africana do macaco e do peixe”, narrada por Mia...

Um macaco passeava-se à beira de um rio, quando viu um peixe dentro de água. Como não conhecia aquele animal, pensou que estava a afogar-se. . .

Em 45 segundos, um lindo poema de Manoel de Barros

Abujamra lê Poema de Manoel de Barros. Em 45 segundos, milhares de encantamentos. A Poesia -  Manoel de Barros A poesia está guardada nas palavras — é...

10 motivos para amar Mia Couto

Por Nara Rúbia Ribeiro e Josie Conti Realizamos uma pergunta aberta aos fãs de Mia Couto nas páginas do Facebook Mia Couto Oficial e CONTI...

Leminski define a poesia no sec XX

Leminski define a poesia no sec XX.

PAULO FREIRE – Importancia do ato de ler

"Não basta saber ler que Eva viu a uva. É preciso compreender qual a posição que Eva ocupa no seu contexto social, quem trabalha...

Pablo Neruda – su poesia en su propia voz

Obra: Crepusculario. Santiago, Ediciones Claridad, 1923. Veinte poemas de amor y una canción desesperada. Santiago, ditorial Nascimento, 1924. Tentativa del hombre infinito. Santiago, Editorial Nascimento, 1926. Anillos. Santiago,...

Para Zygmunt Bauman, a felicidade como motor do pensamento é uma...

Selecionamos, aqui, um trecho do livro "A arte da Vida", do escritor polonês Zygmund Bauman, para que iniciemos a semana refletido acerca da busca...

Saramago, Platão … e o Mito da Caverna

Nesta versão moderna do mito da caverna de Platão, José Saramago faz uma apresentação sutil da face cruel do mundo capitalista e tecnológico: um "Ensaio sobre a Cegueira".

ADEUS A MANOEL DE BARROS

Depois de enfrentar sérias complicações de saúde, Manoel de Barros, 97 anos, faleceu hoje (13 de novembro  de 2014) em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.