Will Barcellos e a alma retratada em pontos

O artista plástico carioca Will Barcellos orgulha-se de suas origens simples e mostra profunda gratidão com relação aos amigos que o estimulam nessa jornada de reconhecimento que ganhou o território nacional e que vem direcionando suas luzes também  para o exterior através de prêmios e de sua primeira exposição na Europa que acontecerá em maio.

Seu dom é perceptível para muito além das convenções e devora-o através da necessidade de canalizar sua força criativa enquanto dá vida aos sentimentos e percepções que carrega dentro de si.

“Minha inspiração é um assombro, nunca sei para onde irá me levar. Ela pode conduzir minhas mãos à liberdade de uma aquarela livre e desconexa, a um grafite expressivamente bruto ou à delicadeza de milhares de pontos em nanquim. Seja lá qual for o caminho, pra mim é sempre uma obsessão, é maior que eu, maior que meu lar, maior que minha vida.

Sou um servo dessa arte que não segue padrões, que oscila entre o realismo e o surrealismo. Me sinto apenas como uma pessoa criando viagens em forma de arte… as quais não são minhas, muitas vezes nem sei porque pintei determinado tema num quadro, daí tenho a consciência de que é ela, a arte, me usando pra criar temas em que cada pessoa criará sua própria viagem.”

Will Barcellos

5d3d9322848645.5631957db48f4
“Andarilho do Céu “- Tamanho: 100x70cm Tecnica: Pontilhismo com caneta nanquim 1.2 sobre papel canson Modelo: Iago Duarte
275fe632696681.568fb786740e4
New Wake- Trabalho feito em Janeiro de 2016 Técnica: Pontilhismo com caneta 0.6 sobre Papel canson Dimensões: 70x55cm Modelo: Nilton Junior​
f5a66629014917.55ddd600481d0
“O Homem e o Nada” – Trabalho feito em Agosto de 2015 Técnica: Pontilhismo com nanquim branco em papel preto. Tamanho: 66x82cm Modelo Vivo: Nilton Junior.

Detalhe:

129ad729014917.55ddd6004182a

Em seus traços, sejam eles leves como no trabalho com a aquarela, ou na minúcia exigida em seus já destacados trabalhos de Pontilhismo, a arte sobrepuja-o em momentos de profunda entrega e que o motivam a acordar horas antes do que seria necessário para o trabalho ou mesmo a ficar até tarde da noite em sua jornada de interprete da alma.

Luz, sombra, a pressão das áreas de maior contato do corpo da figura que na tela ganha vida, nada passa indiferente.  Como os Dervixes Rodopiantes (Mevlevi) da Turquia, um transe sagrado envolve o artista que transpõe claramente a emoção da figura retratada.

e5cd2c31111837.5641d0063d925
“Duda” – Técnica: Pontilhismo com caneta Staedtler 1.2 sobre papel Canson. Tamanho 70x55cm Modelo: Duda Duarte

Um pouco do processo:

f56b2d31111837.5641d006351ff

e767cd31111837.5641d00631f59

51729a31111837.5641d006386f3

34568d31111837.5641d00639782

Embora o artista tenha o domínio das técnicas e não se intimide com complexos trabalhos de perspectiva e detalhado trabalho geométrico, sua arte sabe porque veio e guia-o para obras de profunda harmonia.

Seu eu aparentemente conecta-se com algo superior em seus traços que mostram sublimação entre algo mundano e um mundo superior. Vemos isso claramente na igreja gótica pintada de baixo pra cima ou mesmo na obra “Os protetores de Cris”.

192cc833481671.56ac9b42b6fc7
“Catedral de Köln/Cologne – Alemanha”- Técnica: Pontilhismo com caneta nanquim Tamanho: 70×55 cm Trabalho feito em Janeiro 2016
05c53425777527.5634a96866a0c (1)
“Os protetores de Cris” – Tamanho: 100×70 cm Técnica: Aquarela + Caneta Nanquim sobre Papel Canson Abril de 2015

Detalhes do processo de criação:

bb453e25777527.5634a9688733d

Detalhe da obra:

733f9b25777527.5634a9685dad5

A meta por se encontrar com um trabalho completo e bem acabado faz com que ele se mantenha concentrado em telas que podem levar de 7 horas a 46 dias de dedicação.

No vídeo, “Di Spirito”, Pontilhismo- processo completo.

Trabalho feito em Fev/2016
Técnica: Pontilhismo com caneta técnica 0.6
Tamanho: 70x55cm

Para acompanhar o trabalho e saber mais sobre WILL BARCELLOS acesse suas redes sociais:

Facebook, Instagram, Behance

COMPARTILHE
Josie Conti
Blogueira e empresária. Após trabalhar anos como psicóloga, abandonou o serviço público para manter seus valores pessoais. Hoje, a Josie Conti ME e sua equipe trabalham prioritariamente na internet na administração funcional, editorial e publicitária de redes sociais e sites como A Soma de Todos os Afetos e Psicologias do Brasil, além de várias outras fan pages que totalizam cerca de 6.5 milhões de usuários. É idealizadora da CONTI outra, o projeto inicial que leva seu nome.



COMENTÁRIOS