As vantagens de ser um fracassado

Vamos encarar os fatos:

Todos nós somos uns fracassados!

Podemos não o dizer a ninguém, podemos esconder de nós mesmos, mas não conseguimos evitar aqueles pensamentos marotos:

Nenhuma relação que tenho dá certo.
Só faço besteira no trabalho.
Estou ficando para trás.
Tenho vergonha da minha forma física.

Rapidamente nos consideramos fracassados monumentais, e a verdade é que o somos! Apesar de nos babarmos só a imaginar uma vida de suposto sucesso – família perfeita, carreira respeitável, dinheiro abundante e aparência invejável – a verdade é que a nossa vida está cheia fracassos desastrosos.

As boas notícias é que há várias vantagens em ser um fracassado:

1. Só não falha quem não tenta.

Normalmente só é um fracassado alguém que já tentou alguma coisa. Quer tenha sido lançar uma empresa, começar uma relação, candidatar-se a um trabalho, só o ato de tentar já é memorável. Tudo o que vale a pena fazer, vale a pena falhar por ter tentado . Só não falha quem não tenta.

2. Quem não falha não tem amigos.

Ninguém é muito amigo de uma pessoa que nunca falha. As pessoas invulneráveis, seguras de si e cheias do seu sucesso não dão espaço para mais ninguém. Pelo contrário, é natural sentirmo-nos próximos de alguém que confessa suas falhas: Ah ele também passou por isto? Que engraçado eu também… Ah ele fez aquilo?… curioso como fiz uma coisa parecida…
Partilhar os nossos fracassos, mostrar vulnerabilidade, é um caminho aberto para relações genuínas.

3. Os fracassos ensinam a humildade.

Apesar de ser uma chatice, o caminho mais seguro para quem quer ser humilde é ser humilhado. E para se sentir humilhado nada como uma boa dose de fracassos. Eles magoam o nosso orgulho e vaidade mas nos devolvem a nossa justa dimensão. Muitas vezes as pessoas mais humildes são as que sabem que muito falharam.

4. Cresce-se mais ao falhar.

As etapas de maior crescimento na nossa vida não são quando fazemos tudo bem, mas quando falhamos e temos consciência da razão pela qual falhamos. Curiosamente, quando as coisas correm bem nem sempre crescemos muito, porque nem nos damos ao trabalho de pensar no que fez as coisas darem certo. Pelo contrário, o fracasso é um reality check muito mais persuasivo: ele nos obriga a encarar de frente o que fizemos e como o poderíamos ter feito melhor. O crescimento mais eficaz pode vir quando sofremos uma queda homérica.

5. Um fracassado pode arriscar mais.

As pessoas que fazem tudo certo costumam ter muitas coisas a que se agarrar. E por terem muitas coisas, têm também muito a perder. Pelo contrário, os fracassados têm pouco a perder, e por isso, podem arriscar mais. No trabalho, por exemplo, a reputação de quem arrisca muitas vezes e vence algumas, será provavelmente melhor do que quem tem medo de falhar e tenta apenas coisas seguras. Os fracassados podem arriscar mais, e por isso mesmo têm muito mais a ganhar. (deixando de ser fracassados e tornando-se grandes empreendedores)

6. Os fracassados têm mais humor.

Uma pessoa até pode ter convicções opostas às nossas, mas se tiver senso de humor sempre haverá uma maneira de dar jeito na relação. Com senso de humor conseguimos fazer coisas extraordinárias. Acontece que os fracassados confrontam-se regularmente com as suas figuras ridículas, com surpresas desastradas e com acontecimentos inesperados, e isso já é meio caminho andado para se ter mais sentido de humor. Os certinhos acabam por ser tremendamente aborrecidos, e os fracassados… ao menos esses são bem mais divertidos.

7. Ninguém espera muito dos fracassados.

Os holofotes costumam estar virados para as pessoas bem sucedidas. Isso acaba por ser uma tremenda vantagem para os fracassados – porque eles estão fora do radar – e por isso têm muito mais liberdade para surpreender a todos. Ninguém espera grande coisa de um fracassado, assim como ninguém quer apostar no cavalo mais lento. Mas são esses falhados que podem surpreender tudo e todos aparecendo do nada com uma ideia revolucionária, com uma relação fabulosa ou com um projeto maravilhoso.

Por estas e por outras razões ser fracassado tem se tornado uma ocupação cada vez mais nobre.  
Mas para se ser bem sucedido nesta ocupação… é preciso ser um verdadeiro fracassado e isso não cabe a amadores.

Via inesperado
Adaptado por Josie Conti
Do original  As vantagens de ser um falhado

Gostou? Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS