Tem gente que suga nossas energias

Imagem de capa: pathdoc/shutterstock

Quantas vezes não nos sentimos cansados e desanimados, após termos conversado com alguém, como que inexplicavelmente?

É como se aquela pessoa estivesse carregada de peso e fosse sugando as energias de cada pessoa com quem conversa e tornando carregado cada ambiente por onde passa.

Não importa se cremos em um Deus, em vários deuses, no espiritual, no material, ou mesmo em nada, difícil é não perceber que somos circundados por energia, que tudo possui uma energia própria e que isso acaba nos afetando de alguma forma. Alguns dias nos acordam com energia e esperança renovadas; outros dias nos empurram com desânimo e ausência de perspectivas.

Fazemos parte do movimento contínuo do universo e estamos engrenados junto ao vai e vem da sociedade, dos dias, das pessoas ao nosso redor. E, apesar de muitos afirmarem que a felicidade se encontra dentro de cada um, fato é que o que ocorre lá fora também tem força para nos tornar menos felizes e esperançosos. Nossos pensamentos são capazes de nos desanimar, mas os acontecimentos exteriores e as atitudes de pessoas próximas nos influenciam da mesma forma.

Quem de nós não conhece alguém que parece sugar as energias dos ambientes por onde passa? Quantas vezes não nos sentimos cansados e desanimados, após termos conversado com alguém, como que inexplicavelmente? É como se aquela pessoa estivesse carregada de peso e fosse sugando as energias de cada pessoa com quem conversa e tornando carregado cada ambiente por onde passa.

Somos mais do que razão, somos mais do que emoção, somos também energia, que vai e vem, atraindo e se espalhando por aí. Manter a positividade e o otimismo sempre firmes faz com que nos tornemos mais fortes e protegidos contra a negatividade alheia, mas nem sempre estaremos em alerta para podermos nos defender do desânimo negativo e invejoso dos chamados vampiros energéticos. Nem sempre estaremos bem e é nesses momentos, inclusive, que ficaremos mais vulneráveis ao que de ruim nos cerca.

Portanto, cabe-nos o esforço em mantermos os nossos sonhos acordados e nossas esperanças renovadas, fortalecendo nossas emoções e nossa afetividade através do que nos possa ajudar a não sucumbir nem desanimar, orando, meditando, exercitando-nos, conversando, seja lá como for, mas sempre carregando o amor dentro de nós. Porque quem ama com verdade possui fé, esperança, motivação e disponibilidade para ajudar o outro a ser feliz, mantendo-se, assim, feliz também.

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS





Marcel Camargo
"Escrever é como compartilhar olhares, tão vital quanto respirar".É colunista da CONTI outra desde outubro de 2015.

COMENTÁRIOS