O suicídio está entre as principais causas de morte entre adolescentes

O suicídio na juventude foi sempre um tema espinhoso. Dizia-se que os índices eram altos em locais como o Japão (em que os jovens seriam submetidos a muitas exigências) e nos países nórdicos (onde o excesso de proteção social causaria impacto na perspectiva de vida). Não se imaginava, porém, que o fenômeno tivesse proporção planetária nem que transtornos psiquiátricos, como depressão e dependência de drogas, fossem tão prevalentes entre os jovens. Nem que estivessem tão intimamente ligados ao suicídio.

Instabilidades emocionais típicas da adolescência, contato precoce com situações da vida adulta (como sexo) e imaturidade para lidar com questões complexas são outros fatores que podem tornar a vida dos jovens uma mistura explosiva. Uma sociedade que impõe padrões rígidos de desempenho, imagem e consumo também pode contribuir para os suicídios. Mais importante que saber a principal causa de morte é pensar em estratégias para identificar e tratar os transtornos mentais.

Atualmente a  depressão é a principal causa mundial de doenças e invalidez para adolescentes, com o suicídio sendo a terceira maior causa de morte nessa faixa etária, segundo a Organização Mundial de Saúde.

A constatação está em um novo relatório que reuniu uma grande quantidade de evidências publicadas com consultas diretas de jovens entre 10 e 19 anos em todo o mundo para avaliar os problemas de saúde que os afetam.

“O mundo não tem dado atenção suficiente para a saúde dos adolescentes”, diz Flavia Bustreo, chefe da divisão de saúde da família, mulheres e crianças da OMS. Alguns estudos mostram que metade de todas as pessoas que desenvolvem transtornos mentais têm seus primeiros sintomas antes dos 14 anos, de acordo com o relatório.

“Se os adolescentes com problemas de saúde mental recebem os cuidados de que necessitam, mortes e sofrimentos ao longo da vida podem ser evitados”, diz o texto. O estudo analisou uma ampla gama de questões, incluindo o tabaco, o álcool e o uso de drogas, HIV, lesões corporais, saúde mental, nutrição, saúde sexual e reprodutiva e violência.

Fontes: Hipescience, Quero Morrer

FAÇA: TESTE PSICOLÓGICO PARA AVALIAR DEPRESSÃO

 

LEIA TAMBÉM: Suicídio infantil e o caso da menina de 12 anos que se enforcou para rever o pai

PRECISA DE AJUDA? Leia essa informação importante.

Vocês sabiam que serviços psicológicos podem ser realizados através da internet desde que atendam ao Código de Ética Profissional do psicólogo e à Resolução do CFP n.º 11/2012?

Abaixo compartilho um site confiável sobre o assunto para quem quiser conhecer e obter mais informações sobre os serviços.

Compartilhem também, pois vocês podem ajudar alguém que não tem condições de se locomover com facilidade, esteja em locais distantes ou mesmo queira otimizar seu tempo através do uso da internet.

http://www.apsicanalistaonline.com.br/

Considera essas informações relevantes?

Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS