Sou apaixonado por pessoas interessantes

Imaegm de capa: Rawpixel.com/shutterstock

A vida costuma nos presentear com pessoas especiais, aquelas que nos mostram que sinceridade e sentimentos verdadeiros são o maior tesouro que podemos possuir. Pessoas interessantes são exemplos de doação, de empatia, de amor descompromissado e de amor-próprio, regados na medida certa.

Em meio a tanta gente fútil e vazia de conteúdo, a vida costuma nos presentear com pessoas especiais, que trazem luz e alegria para nossas vidas, tornando-nos melhores, fazendo-nos acreditar na esperança de um mundo melhor. Olhar à nossa volta muitas vezes desanima, pois veem-se quadros pouco inspiradores, recheados de violência e miséria; porém, ainda existe, sim, gente que faz a diferença.

Não é fácil manter o bom humor e o otimismo no dia-a-dia a que nos misturamos mecanicamente, repetindo ações, forçando sorrisos e correndo contra o tempo. Somos bombardeados por imagens em que a felicidade se atrela a corpos perfeitos, dentes brancos, cabelos impecáveis e consumo desenfreado. Nesse contexto, é quase impossível ser feliz com o pouco que se tem, comparado às ostentações que abundam pelos veículos midiáticos.

Muitos de nós, por isso mesmo, acabamos nos perdendo de nossa essência mais humana, achatando nossa carga afetiva, robotizando-nos junto aos objetivos de vida que tão somente visam à aquisição de bens materiais. É como se a perfumaria francesa fosse capaz de camuflar a ausência de odores da alma; como se uma casa de vinte cômodos fosse suficiente para aninhar um lar de amor e cumplicidade. Esquece-se de que amor vem de dentro, ou seja, não dá para encontrá-lo nas vitrines das grandes magazines.

Então, como que para nos resgatar desse abismo vazio e fútil, somos surpreendidos pelos encontros com as pessoas interessantes, que nada mais têm a oferecer do que aquilo que carregam dentro de si. Elas nos mostram que sinceridade e sentimentos verdadeiros são o maior tesouro que podemos possuir. São exemplos de doação, de empatia, de amor descompromissado e de amor-próprio, regados na medida certa.

Pessoas interessantes são também apaixonantes, porque conseguem irradiar luz e esperança em meio a tempestades e vendavais, sorrindo, acolhendo, motivando e mostrando sempre que o mundo e a vida têm jeito, para muito além da desesperança. Não são, ao contrário do que se possa pensar, utópicos lunáticos, porque agem e se comportam de forma a espantar a tristeza onde e com quem estiverem.

Não conseguiremos manter a alegria e o bom humor o tempo todo, mas saber que existe alguém que está pronto a nos receber com disposição e afetividade sincera fará toda a diferença em nossas vidas, sempre que precisarmos de um ombro amigo. Por isso é que sou apaixonado por pessoas interessantes. Elas merecem.

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



Marcel Camargo
"Escrever é como compartilhar olhares, tão vital quanto respirar".É colunista da CONTI outra desde outubro de 2015.

COMENTÁRIOS