Saber como foi a infância de 3 gerações fará você pensar no futuro

Meu pai cresceu descendo ruas com carrinhos de rolimã. Minha mãe, fazia vestidos para suas bonecas. Meu tio, caçava rãs em charcos.

Eu nunca andei de carrinho de rolimã, costurei roupas de bonecas ou cacei rã, mas tive uma infância cercada de amigos que brincavam pelas ruas ou pátios de condomínios. Mesmo quando o assunto era o videogame, jogávamos em grupos, indo na casa de um quando queríamos jogar Phantom System, na de outro quando era Master e na de outro quando era MegaDrive. Naquela época, o melhor dos combates em grupo não tinha conexão com internet e se fazia com a tela dividida em 4, enquanto 007s tentavam matar uns aos outros.

As pipas subiam ao céu, as bicicletas se sujavam de lama, encontrávamos bichos da goiaba pela metade comendo a fruta direto do pé, os coquinhos acertavam nossas cabeças e os joelhos viviam com casquinhas de machucados, que insistíamos em puxar quando estávamos em casa esperando o amigo que tocaria a campainha.

Esse vídeo é uma excelente campanha sobre infância. Sobre as crianças das gerações de um mundo que mudou como nunca antes.

Fala também sobre natureza, sobre sentir o vento batendo no rosto enquanto se pedala uma bicicleta e sobre a felicidade de dar uma bomba no lago e molhar todo mundo em volta.

Habilite as legendas e assista o que essas 3 gerações tem a dizer.

Por Ivan Mola, via Eu te amo hoje

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS