Projeto fotográfico documenta histórias de crianças lutando contra o câncer

O projeto The Gold Hope foi criado por empreendedores junto a um fabuloso grupo de fotógrafos que conectam suas câmeras com crianças batalhando contra o câncer.

A equipe é composta por mais de 500 fotógrafos espalhados pelo mundo todo. Sensibilizados pelo câncer infantil, eles oferecem seus serviços gratuitamente a fim de ajudar nesta linda causa.

Qualquer fotógrafo pode contribuir para o projeto, contanto que respeite quatro critérios: entregar consistentemente imagens de alta qualidade; ter presença assídua na internet (site, blog, Facebook, etc); possuir um portfólio diversificado com fotos de crianças; e usar as fotos em diferentes condições de iluminação.

Todas as publicações enviadas são analisadas por um conselho em termos de qualidade. Quando uma foto é aceita, automaticamente entra para a galeria oficial do projeto.

Além das fotos, é divulgada uma pequena história de cada criança acometida pela doença, para que as pessoas possam entender melhor o contexto em que vivem.

Em suma, essa organização aumenta a conscientização sobre o câncer infantil fotografando lutadores e sobreviventes da doença com menos de 21 anos de idade.

A inspiração do projeto veio de Ava, uma menina linda e sorridente de cinco anos de idade que gostava de abraçar e dar beijos. Ela foi diagnosticada com um tumor cerebral grave e terminal quando tinha apenas quatro anos. Obviamente, esta notícia foi devastadora para sua família. Enquanto eles foram empurrados para a quimioterapia, radiação, varreduras, intrusões e o desconforto iminente de sua criança, eles tiveram que lutar contra um fato simples e cruel: as chances de sobrevivência da menina eram mínimas.

Durante a batalha contra o câncer, as fotos de Eva assumiram um significado poderoso: elas não eram apenas documentações de seu crescimento, mas também a imortalizavam. Pouco antes de Eva falecer, um fotógrafo colaborador ofereceu outra sessão de fotos para a família da menina. Ela usava um vestido cor de rosa adornado com glitter dourado. A partir desse último book de Eva, nasceu o The Gold Hope.

Além de oferecer informações sobre crianças e seu câncer maligno, os idealizadores do projeto objetivam arrecadar fundos para financiar novos tratamentos que sejam mais eficientes e apropriados, reforçando a frente de batalha junto aos pequenos heróis retratados.

A cada ano, o The Gold Hope recebe novos fotógrafos engajados, e as arrecadações também vêm crescendo de forma exponencial, o que é um indicador real da acurácia e sucesso do projeto.

Os pais e responsáveis por crianças que lutam contra o câncer podem entrar em contato com os organizadores do projeto (as informações estão no próprio site).

Um dos criadores do projeto, de nome desconhecido, disse:

“É muito bom receber um e-mail ou telefonema de uma família com lágrimas de alegria porque um dos nossos fotógrafos capturou o verdadeiro espírito de seu lutador. Nossos colaboradores são abastecidos com felicidade e esperança ao fazerem uma sessão de fotos especial.”

Nem todas as crianças retratadas no projeto estão vivas hoje em dia, fato este que não faz esquecer de sua coragem e bravura por terem enfrentado uma das doenças mais invasoras e destrutivas do mundo.

Todas essas fotos são muito importantes, mas é bom lembrar que quase todo mundo já sabe sobre a iminência catastrófica do câncer infantil, embora poucos estejam realmente disponíveis para ajudar financeiramente e por meio de recursos. Mas os idealizadores do projeto sempre deixaram claro, desde o começo, que não desejam forçar ninguém a ajudar, se não for por puro altruísmo. A preocupação é menor com o dinheiro arrecadado, e maior com a preservação das memórias das crianças doentes e seus entes queridos.

O The Gold Hope é um projeto social fenomenal que é baseado no amor, na solidariedade, no conhecimento e, principalmente, na esperança. Conheça algumas dessas crianças lutadoras e seu contexto:

1. Noelle é uma sobrevivente do tumor de Wilms

crianças câncer_1

2. Madison foi diagnosticada com neuroblastoma em 2013. Ela luta com os efeitos tardios de seu tratamento

crianças câncer_2

3. Após duas batalhas contra o câncer, Emma está curada

crianças câncer_3

4. Nate conseguiu sobreviver à leucemia

crianças câncer_4

5. Sabrina está em remissão por causa de seu neuroblastoma

crianças câncer_5

6. Ava é uma sobrevivente da leucemia e, de quebra, ainda escreveu um livro sobre particularidades da vida de pacientes com câncer

crianças câncer_6

7. Atualmente, Noah está em tratamento para leucemia. Todos os membros da sua família rasparam a cabeça quando ele perdeu seu cabelo

crianças câncer_7

8. Por anos, Parker batalhou contra o meduloblastoma. Infelizmente, ele faleceu neste ano

crianças câncer_8

9. Brendan é um vencedor da luta contra o retinoblastoma

crianças câncer_9

10. Mya foi diagnosticada com um tumor de células germinativas e, hoje, ela está quase curada do câncer

crianças câncer_10

11. Olivia sobreviveu da leucemia após receber um transplante de medula óssea

crianças câncer_11

12. Laney batalhou bravamente contra a leucemia mieloide aguda, mas acabou falecendo em 2013

crianças câncer_12

13. Gavin está lutando contra a leucemia

crianças câncer_13

14. Mimi foi diagnosticada com leucemia aos dois anos de idade

crianças câncer_14

15. Jeremy está em tratamento intensivo contra neuroblastoma

crianças câncer_15

COMPARTILHE
Eduardo Ruano
Escritor e redator por hobbie e profissão. Me considero uma pessoa racional, analítica, curiosa, imaginativa e em constante transformação. Gosto de ler, escrever, correr, assistir séries, beber e viajar com os amigos. Estudioso de psicologia, filosofia e comportamento humano. Também sou interessado em arte, literatura, cultura e ciências sociais. Odeio burocracias, formalismos e convenções. Amo pessoas excêntricas, autênticas e um pouco loucas, até certo ponto. Estou sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras.



COMENTÁRIOS