Zack Magiezi: Para onde vão as palavras de amor não ditas?

PARA ONDE VÃO AS PALAVRAS DE AMOR NÃO DITAS?

Esquecidas em orfanatos
(por serem precoces demais)
Envelhecidas em asilos
(por terem enrugado e perdido a independência)
Amarradas em camisa de força
(por serem insanas e incontroláveis)
Suplicando nas sarjetas
(por precisarem de ajuda)
Nas fotos dos “desaparecidos”
(por um dia terem virado saudade)
Se porventura elas forem vistas por aí
Diga que sinto falta
Sinto muita falta.

Zack Magiezi

Jean-Claude Desplanques(b.1936) — Relaxation
Jean-Claude Desplanques(b.1936) — Relaxation

Leia também: Faça amor nu

Zack Magiezi no Facebook

 Gostou? Compartilhe poesia!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS