O psicopata pode morar na sua casa!

Por Carmen Janssen

Eles estão espalhados por todos os lugares e sempre causando sofrimento às pessoas. É difícil identificá-los. O melhor antídoto é o conhecimento.

Quando se fala em psicopatas a maior parte das pessoas ainda associa a imagem de criminosos violentos e assassinos em série. Embora muitos psicopatas sejam assassinos, nem todo assassino é psicopata e nem todo psicopata é assassino.

Psicopatas não são doentes mentais, pelo contrário, são muito conscientes de seus atos. A psicopatia é um transtorno de personalidade antissocial e de acordo com estudos neurocientíficos é um defeito cerebral que tem um forte componente genético, é uma falha no sistema límbico (parte do cérebro responsável pelas emoções). As conexões cerebrais que fazem a pessoa sentir empatia pelos outros, não funcionam no psicopata. Ele(a) é insensível e sua principal característica é a total falta de sentimento de culpa ou arrependimento, quando comete um delito.

Inteligentes e extremamente individualistas, os psicopatas geralmente são sedutores, simpáticos e manipuladores. Eles usam essas “qualidades” para conseguir tudo o que querem.Sua missão de vida é aproveitar-se da humanidade custe o que custar. São indivíduos capazes de destruir a vida de uma pessoa sem sentir um pingo de remorso. Sua estratégia, eliminar todos os obstáculos. E não adianta tentar consertá-lo,o cérebro dele não é capaz de responder.

Aquele que tem um grau mais “leve” de psicopatia é o camarada enganador que sacaneia as pessoas para tirar vantagem delas. Ele se diverte com isso, não paga as próprias dívidas por opção, seduz mulheres carentes para conseguir dinheiro e depois desaparece, finge que é médico ou diz ser especialista de alguma área do conhecimento sem nunca ter feito sequer nenhuma formação ou especialização.

Na empresa é aquela pessoa que puxa o tapete de todo mundo para conseguir uma promoção, torna a vida das pessoas um inferno e até rouba a empresa.

É aquele cara conhecido como “esperto”, que vive para satisfazer, exclusivamente, as próprias necessidades. Ele não vai te matar, mas ele é um psicopata!

O difícil é provar, pois por ele ser muito carismático ninguém vai acreditar em você.

Os psicopatas podem estar disfarçados nos mais diversos papéis, tais como cartomantes, líderes religiosos que se enriquecem à custa dos fiéis, podem também estar entre os políticos ou falsos empresários, entre tantas outras variações.

Ou seja, ele pode morar na sua casa!

Por outro lado, o psicopata assassino não tem a menor dificuldade para matar. Ele é cruel e se diverte com a humilhação e o sofrimento da vítima.

Assassino ou não, o psicopata é sempre frio e calculista e totalmente indiferente aos sentimentos alheios, não tem laços familiares nem com a própria família, mas pode fingir sentimentos com maestria se isso lhe convier. Fique atento e afaste-se dele!

O psicopata comumente apresenta uma tendência à crueldade desde a infância. Alguns são crianças extremamente cruéis e com frequência causam sofrimento físico a pequenos animais, são agressivos e na escola, humilham colegas e professores. São pessoas que têm péssima adaptação social e dificuldade para seguir regras.

Se essas manifestações aparecerem repetidas no comportamento do seu filho, é preciso buscar ajuda psiquiátrica para encontrar as possíveis soluções adaptativas.

Carmen Janssen é psicanalista, sexóloga, escritora e conferencista internacional. Conheça mais artigos da autora em www.carmenjanssen.com.br.

(Esse é um conteúdo de nossa página parceira:www.fasdapsicanalise.com.br)

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS