O mundo na visão de um ilusionista

Ceslovas Cesnakevicius é um artista e fotógrafo freelancer que mora e trabalha na cidade de Vilnius, capital da Lituânia. Ele usa sua imaginação sortida para tirar fotografias que parecem conjurações mágicas de tão surreais.

Seu estilo de arte é baseado em ilusionismo, técnica que ele pratica através de manipulação fotográfica muito bem pensada e executada.

Cada foto retrata uma visão de mundo de acordo com um ilusionista visionário. Suas fotos são evocativas; ao mesmo tempo capturam o foco e deturpam nosso senso de percepção.

Ao observar essas fotografias, tem-se a impressão de estar sendo transportado para um universo paralelo cheio de fantasias vívidas e possibilidades incomuns.

A engenhosidade e beleza complexas das fotos de Ceslovas oferecem distorções da realidade difíceis de acreditar, mas fáceis de apreciar.

Antes de criar as fotos, Ceslovas se pergunta que tipo de cenários são passíveis de ser reais se um ilusionista as tivesse criado por livre e espontânea vontade. Bem, muita coisa pode sair da mente de uma pessoa, ainda mais de um ilusionista que não respeita a ordem natural das coisas.

Revivendo ideias imaginativas de seus sonhos desmiolados, mas cheios de sentido, o fotógrafo lituano cria imagens fantásticas que desafiam as leis da física e nos desnorteia, de certa forma, assim como fascinam.

O processo criativo de Ceslovas é alimentado por ideias que vão adquirindo vida conforme ele escolhe uma foto para ser manipulada.

Para o site The Creator Project, Ceslovas afirmou:

“Eu sempre começo com uma ideia. Eu mantenho a fotografia original como um pano de fundo, e vou trabalhando sobre os detalhes em particular, que criam realidades ligeiramente distorcidas.”

A partir de ideias livremente espontâneas e de uma fotografia primária compatível com suas ideações, o artista lituano mune-se de inspiração para atrair olhares sedentos por magia e fantasia. Segundo ele:

“A inspiração vem de tudo: natureza, pessoas, todas as disciplinas da arte, sol, vento e assim por diante. Em minhas imagens, eu sempre parto do objetivo de ter um equilíbrio adequado entre sombra e luz, e a perspectiva tão precisa quanto possível. Eu não me limito à lógica de percepção das coisas como as conhecemos.”

Cada fotografia de Ceslovas possui uma combinação intrincada de fantasia e realidade, e todas elas nos fazem sugerir que existem outros mundos além deste, habitados por seres alternativos nos confins de nossa imaginação infinita.

De acordo com Ceslovas, as fotos são profundamente pessoais; produtos de um desejo primitivo e intrínseco de haver diferentes dimensões da existência humana. Ele é o tipo de pessoa entediada e curiosa que não se contenta em viver na terra.

Quando se olha para esse tipo de arte, um pouco de desorientação mental é comum, mas também divertido. As fotos brincam, idoneamente, com as regras da natureza, e dissimulam as nossas sensações.

Acompanhe algumas fotos ilusionistas do artista:

ilusionista_19

ilusionista_5

ilusionista_2 ilusionista_3 ilusionista_4 ilusionista_6 ilusionista_7 ilusionista_8 ilusionista_9 ilusionista_10 ilusionista_12 ilusionista_13 ilusionista_16 ilusionista_17 ilusionista_18

ilusionista_15

COMPARTILHE
Eduardo Ruano
Escritor e redator por hobbie e profissão. Me considero uma pessoa racional, analítica, curiosa, imaginativa e em constante transformação. Gosto de ler, escrever, correr, assistir séries, beber e viajar com os amigos. Estudioso de psicologia, filosofia e comportamento humano. Também sou interessado em arte, literatura, cultura e ciências sociais. Odeio burocracias, formalismos e convenções. Amo pessoas excêntricas, autênticas e um pouco loucas, até certo ponto. Estou sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras.



COMENTÁRIOS