Meu pai mente

“Ser pai ou mãe exige de nós não só o maior como o nosso melhor esforço. No vídeo abaixo, temos registrado a história de um pai que, em prol do futuro da filha, dá sempre o melhor de si.

Tudo começa quando, ao sair da escola, a filha entrega ao pai uma carta. Nela, diz que o pai é amoroso, carinhoso, a leva para tomar sorvete, sempre brinca com ela. Em um ponto, porém, há uma pausa e ela diz que sabe que o pai mente.

Que sabe que o pai finge que não está cansado, que o dinheiro do sorvete é contado, que o pai está desempregado e faz serviços braçais.

Só então o pai percebe que ela sempre soube de tudo o que se passava, e que ambos fingiam para preservar a alegria um do outro.


COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS