Não é charme. É falta de interesse mesmo.

Imagem de capa: FCSCAFEINE, Shutterstock

Moça, ele não perdeu seu número, o celular dele não caiu do décimo terceiro andar e ele não está com vergonha de ligar. A verdade é que ele não ligou porque não quis. Sei que isso dói. Mas dói muito mais fechar os olhos para a realidade e tentar encontrar justificativas para o desinteresse alheio.

O ser humano tem essa mania de gostar do que não pode ter. É até normal. Mas, há uma grande diferença entre se fazer de difícil e não ter interesse nenhum.

Imagino que o encontro foi fantástico e você contou para todas as amigas da agenda telefônica que encontrou o cara da sua vida. Mas passaram dias e ele não ligou. Na sua cabeça vem todos os conselhos que tentam te convencer de que ele não teve tempo, mas que, em breve, irá ligar.

E, a partir de então, você entra em um ciclo de tortura psicológica. Olha o celular cinco vezes por minuto, leva o telefone para todos os lugares e fica refém de uma ligação que nunca virá.

Como te ensinaram a ser moderna e que não tem problema nenhum mulher correr atrás de homem, você decide enviar uma mensagem. Depois de horas, ele visualiza e não responde. Pronto! Você acabou de ir a nocaute com a realidade.

Moça, não inverta os papeis. Não é sua obrigação correr atrás de ninguém. Não insista. Não se exponha. Não crie situações para vê-lo, nem mande indiretas nas redes sociais. Encare a realidade e não permita que suas carências e suas inseguranças te ceguem. Se ele não ama você, você deve se amar.

A sociedade ensina tanta coisa errada que as pessoas se perdem no bom senso: “se ele te ignora, ele gosta de você”, “se ele não te ligou porque perdeu o número” ou “talvez ele tenha te ligado e você não recebeu o recado”. Moça, desconcretize isso.

Homem não enrola, não faz charminho, não dá voltas. Homem é objetivo e quando, realmente, quer atravessa o Atlântico a nado e insiste mesmo que leve duzentos nãos consecutivos. Então, relaxe e pare de tentar entender o porquê ele não entrou em contato. Algumas atitudes não merecem nem nossa lembrança.

Sei que parece piegas, mas uma das coisas mais incríveis é alguém estar ao seu lado por opção. A sensação é única. Não se iluda e não perca seu tempo com quem não vale a pena. Respeite a decisão do outro e desenvolva seu amor próprio. A sua alegria não pode estar baseada em um telefonema, em um elogio ou em um encontro.

Você merece mais que isso! Às vezes, o telefone não ter tocado é uma baita sorte…

COMPARTILHE
Pamela Camocardi
A literatura vista por vários ângulos e apresentada de forma bem diferente.

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS