Não compare o seu relacionamento com o dos outros

Imagem de capa: Alexandra Rios, Creative Commons

Digo há muito tempo que amor é algo singular, cada um ama ao seu jeito e não existe uma fórmula. O amor não é uma lista que você consulta para saber quantos dos inúmeros itens descritos você já “possuí”.

O amor não é algo para comparar e muito menos para querer copiar. Então, não compare o seu relacionamento com o de ninguém, isso é um erro que apenas desgasta o sentimento sincero.

Nós temos a mania de achar que a grama do vizinho é sempre mais verde e bonita e, consequentemente, acabamos nos esquecendo de regar a nossa, de cuidar do nosso verde, do nosso jardim, porque perdemos tempo olhando demais para a do outro.

Às vezes – na maioria das vezes-, achamos que o relacionamento dos outros é perfeito, baseando essa perfeição, em fotos sorridentes postadas no Facebook, em jantares românticos, fotos “espontâneas”, viagens, e caímos na armadilha de acreditar que só o nosso relacionamento é feito de desafios e diferenças.

Acontece que, nesses pilares de perfeição elencados por nós, exigimos que o nosso parceiro seja uma cópia exata e total dos “fragmentos de tempo” que vemos por aí. Mas, na prática, é diferente. Tem casal que se diverte cozinhando, tem casal que se diverte passando horas escolhendo um filme e, no final, acabam dormindo, enquanto outros se divertem contando como foi a semana e rindo dos acontecimentos diários.

Tem casal, ainda, que se diverte relembrando momentos, viagens do passado, enquanto devoram um lanche feito em casa mesmo. Outros gostam de demonstrar o seu amor por meio de elogios, enquanto alguns preferem presentes. Tem casal que adora sair, outros preferem ficar em casa.

Já vi casal que aprecia essa coisa de redes sociais e sempre posta uma selfie com textão bonitinho e depois briga, discute e se desentende, enquanto tem casal que evita publicações e estão por aí se amando como ninguém.

Quando entender que um relacionamento está longe de ser algo perfeito, você vai encontrar a essência do amor. Você vai entender que o amor não é uma luta, mas que vale a pena lutar por ele. Na vida real, vai entender que seu namorado pode ser desligado com algumas coisas, ele pode não ser muito expressivo como você gostaria, pode até mesmo não ser tão romântico.

Ele pode não gostar de demonstrações de afeto em público, mas não há dúvidas de que ele te ama: a gente sabe quando é amada. Ele pode ser desligado, tímido, nada romântico, mas cuida de você quando está doente. Ele liga só pra saber se você está bem, ouvir a sua voz e se preocupa com você nos mínimos detalhes.

Ter alguém que nos inclui em seus planos e sonhos é dessas coisas bonitas que a gente deixa passar, porque esperamos grandes coisas. Ele pode não postar textão no Facebook, mas planeja uma vida ao seu lado e sabe amá-la de um jeito sincero.

O amor em um relacionamento não se mede pelas selfies com sorriso escancarado, pelas legendas bonitinhas, pelos textos e declarações. Um amor de verdade se mede pelo respeito, pela confiança, pelo cuidado, pela proteção. E isso, embora às vezes transpareça ao público, é algo que só da pra sentir e viver a dois.

COMPARTILHE
Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, apaixonada por artes, música e poesia. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito requeijão, mesmo sendo intolerante a lactose. Tem pavor de borboletas, principalmente as no estômago.


COMENTÁRIOS