Moça, nunca cobre presença de alguém que não te quer por perto

Imagem de capa: Dmytro Zinkevych, Shutterstock

Não pede mais, não. Se para quem quer que seja, estar com você tanto faz, coloque já o seu respeito em primeiro lugar e vá para perto de pessoas que realmente façam questão da sua companhia. Porque chega uma hora que cansa ficar pedindo para alguém permanecer. Aliás, cansa precisar pedir.

Você pode muito bem procurar outros carinhos, moça. Pode e deve, sair porta afora atrás de amores e amizades que te reconheçam. Não tem essa de continuar pingando no molhado, esperando a outra pessoa mudar de ideia. A sua ficha é que precisa cair. Depois de todo o tempo dedicado, o mínimo a ser recolhido é a tal da honestidade. Trate de ser sincera consigo. Tanto fez te encontrar? Mande um adeus bem dado, sorrindo. Nem é vingança, mágoa ou pagar na mesma moeda, nada disso. É sobre não abaixar a cabeça para gente que faz pouco caso. É, ainda mais, sobre abraçar um autoconhecimento e uma maturidade emocional de quem não depende de qualquer par para ser completa.

Talvez você nem tenha percebido, mas em todos os momentos nos quais esteve lá, presente e inteira, poucos se importaram. Poucos quiseram. Isso serve, principalmente, para os amores. Quanto mais de você será suficiente? Por que colocar expectativas tão altas em um amor que não sabe amar? Você sente vontade de mudar para agradar, quando o justo seria mudar para si.

Moça, nunca cobre presença de alguém que não te quer por perto. Seja sentimento bem-vindo a quem possa interessar. Nada de afeto a longo prazo e parcelado com ausências semana sim, semana não. Você não é artigo decorativo e o seu coração tampouco parece um anúncio de jornal.

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



Guilherme Moreira Jr.

“Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro”


COMENTÁRIOS