Médico ensina técnica para acalmar o bebê em segundos

Por Luiza Monteiro

Uma das maiores angústias de uma mãe – principalmente se ela é de primeira viagem – é quando o seu filho recém-nascido começa a chorar e não há nada que o acalme. Se você está passando por isso (ou vai passar em breve), não se preocupe: o pediatra americano Robert Hamilton, da Califórnia, tem uma técnica infalível para acabar instantaneamente com o chororô dos pequeninos.

Em um vídeo que já foi visto por mais de 14 milhões de pessoas, o especialista com mais de 30 anos de experiência ensina o método criado por ele e que foi batizado de The Hold (“O suporte”, na tradução em português). O truque consiste em segurar o bebê com as duas mãos, numa posição de 45 graus. A mão direita sustenta o pequeno na área da fralda e a esquerda comporta os bracinhos, que devem estar dobrados sobre o peito. Aí, é só balançar o recém-nascido com cuidado. “Geralmente, ao fazer isso, o bebê vai se acalmar”, garante Hamilton. Segundo ele, se o seu filho não relaxar, é provável que esteja se sentindo mal ou com fome.

Cuidados

“Tudo é muito suave, você não deve fazer movimentos bruscos”, orienta o médico. Outro ponto de atenção é o ângulo: se o bebê estiver numa posição vertical, a cabeça pode pesar para trás e você corre o risco de perder o controle. E lembre-se: o método só serve para os nenéns de até 3 meses. Depois disso, o peso do pequeno dificulta aplicar a técnica de maneira segura.

A seguir, confira o passo a passo do Dr. Hamilton para obter sucesso com a técnica e assista ao vídeo.

1. Dobre os braços do bebê sobre o peito.

2. Segure os bracinhos gentilmente.

3. Agarre a região da fralda com a sua mão dominante (aquela que você tem mais coordenação e segurança).

4. Num ângulo de 45 graus, balance o bebê suavemente para cima e para baixo.

Fonte indicada: M de Mulher

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS