Marido recria casa antiga para mulher com Alzheimer

Quem disse que o amor não existe?

Um casal que viveu 30 anos em Berkshire, no Reino Unido, teve que mudar de casa, para ficar mais perto da família, depois que a esposa, Julie, foi diagnosticada com demência, provocada pelo Alzheimer.

Mas Matt Muircroft, o marido, soube dos médicos que as pessoas com demência podem sofrer de depressão e ataques, logo que percebem mudanças em seu ambiente.
Foi então que ele teve a ideia de reformar a casa nova, em Motherwell, Lanarkshire, para deixá-la igualzinha à antiga, da época em que casaram.

ALZHEIMER

A doença

Julie foi diagnosticada com demência em 2009 , desde então, o amor de sua vida, Matt, largou tudo para se dedicar de corpo e alma à sua esposa .
Reconstituição

O trabalho que Matt fez para o novo apartamento ficar “parecido” foi muito difícil e cheio de detalhes, mas ele afirma ter sido o trabalho mais importante de sua vida.
Ele é um decorador de renome: trabalhou no Castelo de Windsor ea Capela de St George para o casamento do príncipe Edward e Sophie Rhys -Jones em 1999.
“O efeito ficou bonito. Julie se sentiu muito confortável na nova casa e, aparentemente, não houve nenhum efeito negativo”, comemorou Matt.

alzheimer-cuidado

Fonte sempre muito indicada: Coisa de Velho

Veja também:
Alzheimer: vídeo de 1 minuto mostra como são os sintomas
Alzheimer: a mais didática explicação que você verá

Isso é um belo exemplo de amor!

Compartilhe

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS